Questões de licenciamento System Center 2012 R2

Olá pessoal,

O assunto Licenciamento é sempre muito procurado e muita gente me pergunta em evento sobre licenciamento de produtos. Um dos produtos que tem chamado bastante a atenção é o System Center. Desde a versão 2012, a Microsoft mudou a forma de licenciamento do produto buscando facilitar para clientes além de permitir que as empresas que adquirirem o produto, possam desfrutar de todos os recursos possíveis.

Hoje, quando você licencia o System Center 2012 R2 você tem duas opções: Standard e Datacenter. Independente da versão escolhida, você vai ter acesso a todos os produtos que incluem:

– Operations Manager;
– Configuration Manager;
– Data Protection Manager;
– Service Manager;
– Virtual Machine Manager;
– Endpoint Protection;
– Orchestrator;
– App Controller;

O ponto mais importante até aqui é: Tudo isso acima está licenciado independete da escolha entre Standard e Datacenter. Bom, se tudo está licenciado, qual a diferença entre as opções?

A diferença entre Standard e Datacenter está no que você vai gerenciar. Mas antes de detalhar as diferenças, um ponto importante: Você precisa licenciar o System Center tanto para os servidores, como para as estações que você irá gerenciar. Neste primeiro post sobre licenciamento de System Center, vamos entender o licenciamento de servidores.

No caso de servidores, você irá utilizar o que chamamos de “Server Management License” ou SMLs. As SMLs, que podem ser Standard ou Datacenter, cobrem todos os servidores que são gerenciados pelo System Center. Porém a SML Datacenter é indicada para ambientes com grande número de Máquinas Virtuais, enquanto a Standard é recomendada para ambientes com poucas máquinas virtuais. As SMLs são adquiridas de acordo com o número de processadores físicos dos servidores que você está gerenciando e cada licença cobre 2 processadores físicos (Cores, Núcleos, HT não são levados em conta), veja um exemplo:

Se você tem um servidor gerenciado pelo System Center com 2 processadores físicos, você precisa de 1 SML.
Se você tem um servidor com 4 processadores, então você precisará de 2 SMLs.

Veja, porém que o exemplo acima não leva em conta o número de VMs que você tem em execução neste servidor. Esse é o segundo fator para determinar o número de licenças necessárias para seu ambiente. A SML Standard dá direito a 2 Máquinas Virtuais gerenciadas no servidor físico que você está gerenciando. Já a SML Datacenter dá direito a ilimitadas VMs no servidor que você está gerenciando com System Center. Logo, veja os exemplos abaixo:

Se você tem um servidor com 4 processadores e 8 VMs:
Com SML Standard você precisa de 4 SML.
Com SML Datacenter você precisa de 2 SML.

Se você tem um servidor com 6 processadores e 20 VMs:
Com SML Standard você precisa de 10 SML.
Com SML Datacenter você precisa de 3 SML.

Para ter mais informações sobre as formas de licenciamento do System Center, você pode acessar: http://www.microsoft.com/licensing/about-licensing/SystemCenter2012-R2.aspx#tab=2. Além disso, a recomendação sempre é entrar em contato com uma revenda Microsoft pois existem algumas formas de licenciamento de volume que tornam o processo ainda mais simples.

Espero que tenham gostado das dicas.

Fonte Microsoft e Admderedes.System-Center-2012-R2

Fonte
Até mais!

Sobre Fabio Silva - MVP Reconnect

MVP Reconnect Microsoft Azure - Entusiasta Office 365 Profissional apaixonado por tecnologia. Perfil generalista mas com profundo conhecimento em varias tecnologias. Mais de 10 anos de skill em ambientes Linux Analista Senior realizando trabalhos: Comunicação unificada Lync 2013, Sharepoint 2013, Exchange 2013, Vmware e Windows 2012 preparado para nuvem, hibrida e on-premisses. Comunicação unificada Lync 2013, Sharepoint 2013, Exchange 2013, Vmware e Windows 2012 preparado para nuvem, hibrida e on-premisses. Implantação de comunicação unificada e mensageria Lync 2013 e Exchange 2013 na empresa Penso Tecnologia. Itcore Consultor Senior em todas soluções Microsoft e Virtualização. Consultor Microsoft e Linux Senior De Julho de 2012 a Março de 2013 Consultor Microsoft e Linux Senior De Maio de 2012 a Setembro de 2012 Tecban (Técnologia Bancaria) Auditor de Sistemas Pleno Março de 2012 a Maio de 2012 Analista de TI Senior Março de 2011 a Março de 2012 Analista de infra-estrutura de redes e desenvolvimento Maio 2007 a Março de 2011 Analista de Redes Março de 2005 a Maio de 2007 Integradora THS Área de Suporte CPD Janeiro de 2004 a Janeiro de 2005 Especializações: Certificado Microsoft Windows 2003, Certificado Zimbra Network Edition, Certificado Sonicwall. Especialização em Messageria Exchange 2007 e 2010. Especialização em Linux

Publicado em 23 de dezembro de 2014, em Micrososoft System Center e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Project THOR

Technical and Human infrastructure for Open Research

randieri.com

Il blog di Cristian Randieri

TEC OFFICE PRODUTIVO

Tec Office Produtivo é um grupo de treinamentos, dicas e tutorias de informática sobre aplicativos utilizados em escritórios.

Gold Recipes

Gols Recipes

Escadas Especiais

Projetos, fabricação e instalação de escadas em geral

Jaqueline Ramos

Devops & Cloud

Blog do Douglas Romão

MVP Office Apps and Services | Modern Workplace and Business Applications Expert

%d blogueiros gostam disto: