Zimbra 8 passo a passo

Uma das vantagens de ter conhecimento em Linux e Windows é a facilidade e aprender ferramentas fascinantes como o Zimbra.

Trabalhei em ambiente de produção em larga escala com Linux com mais de 8000 usuários durante 7 anos e ainda participo de projetos paralelos em Linux, tenho certificação Zimbra.

Muitas empresas não têm recursos financeiros para manter um ambiente corporativo com tecnologias avançadas. O Linux proporciona muito estas empresas.

Aliás contrate bons profissionais que tenham conhecimento pois facilita o trabalho.

O mundo de mensageria como Exchange Server e Lotus Domino como outras ferramentas é conhecer e como ver o melhor portfólio para oferecer a uma empresa.

A características de negócios que é necessário oferecer produtos acessíveis em todos os níveis e o Zimbra Opensource Edition oferece isso.

O Zimbra oferece a versão Network Edition que é por licenciamento e alguns recursos como protocolo MAPI da Microsoft está embutido em seu uso.

Para quem não utiliza o Microsoft Outlook ou prefere utilizar online via web, o Zimbra não deixa nada a desejar ao Exchange e ainda particularmente está acima do Lotus Domino.

Eu recomendo sempre que fique em um Data Center e ser disponível com elasticidade.

A Recomendação é que virtualize e faça do Zimbra ser disponível, contrate uma empresa que tenha conhecimento na ferramenta bem como ofereça serviços de Cloud.

Ele é compativel em todos os serviços de virtualização como Vwamre, Xen Server e Hyper-V e também em Cloud como Amazon, Azure, Softlayer e Virtus Stream.

Abaixo os exemplos estão todos dentro da plataforma Linux, Mas você pode ter só o serviço de email e com a vasta oferta de DNS você não precisa suportar o serviço de DNS dentro da sua empresa ou em algum datacenter.

Isso abaixo o valor de custo.

Sugiro o serviço superdns (www.superdns.com.br) que é gratuito para um DNS.

INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

INTRODUÇÃO

Como o objetivo é só a instalação do Zimbra, não fiz a instalação do CentOSpor entender que já tenham uma Lab com uma máquina instalada. 

A instalação foi feita do zero, usando a instalação minimal do CentOS, só com o pacotes básicos, pois o Zimbra já inclui todos os pacotes necessários para o seu funcionamento.

SOFTWARES NECESSÁRIOS

Para iniciar o processo de configuração, primeiramente precisamos baixar/instalar alguns pacotes. São eles:

  • bind;
  • nc;
  • sysstat;
  • perl;
  • weget;
  • vim;
  • zimbra.


Ao instalar o CentOS, é instalado por default um servidor de e-mail para envio de mensagens locais, o Postfix. Precisamos, assim, parar e remover o Postfix da inicialização, pois o Zimbra já possui o Postfix e, se deixarmos ele rodando, o Zimbra não vai subir. 

Sendo assim, vamos parar e tirar o serviço do boot:

# service postfix stop
# chkconfig –del postfix
 

Agora, vamos instalar os pacotes para podermos iniciar a instalação:

# yum install bind bind-utils nc sysstat perl wget vim 

Pronto, agora estamos com o todos o requisitos necessários para a configuração do DNS e a instalação do Zimbra em si.

CONFIGURANDO

Bom, agora com o pacotes instalados em seu sistema, vamos para à parte de configuração do named. Execute os comandos: 

# cd /etc/
# cp -p named.conf named.conf-original
# > named.conf
# vim named.conf
 

Adicionaremos o seguinte conteúdo ao arquivo “named.conf”:

# vim db.zmexemplo.com.br

$TTL 86400

@ IN SOA zmail.zmexemplo.com.br. root.zmail.zmexemplo.com.br.
(


10118
;
Serial


43200
;
Refresh


3600
;
Retry


3600000
;
Expire


2592000
)
;
Minimum

IN NS zmail.zmexemplo.com.br.

MX 10 zmail.zmexemplo.com.br.

zmail IN A 192.168.0.252

Feito isso, agora iremos gerar a chave:

# rndc-confgen -a -c /etc/rndc.key 

Obs.: Deve demorar uns minutinhos.

Configurando o /etc/resolv.conf:

# vim /etc/resolv.conf 

Edite:

search zmexemplo.com.br
nameserver 192.168.0.252

TESTANDO O SERVIÇO DNS

Testando a configuração do named

# service named configtest 

No retorno deste comando, deve vir algo assim:

 zone zmexemplo.com.br/IN: loaded serial 10118

Se estiver tudo ok, execute:

# service named restart 

Caso dê algum erro, verifique no /var/log/messenges. Se tiver algum erro de permissão, verificar a permissão com:

# ls -l /etc/rndc.key 

Ou, faça da seguinte maneira:

# chown root:named /etc/rndc.key
# service named restart [ok] está tudo certo
 

Se não deu erro, podemos continuar. Agora vamos editar o /etc/hosts:

# vim /etc/hosts 

Edite:

127.0.0.1   localhost localhost.localdomain localhost4 localhost4.localdomain4
192.168.0.252 zmail.zmexemplo.com.br zmail
::1       localhost localhost.localdomain localhost6 localhost6.localdomain6

Feito assim, salve a configuração a partiremos para testar o serviço DNS:

# dig +short zmail.zmexemplo.com.br 

No retorno do comando dig, deverá vir o IP do servidor. No meu caso:

 192.168.0.252
# dig -x 192.168.0.252 # Numero do servidor

Assim, terminamos essa parte. Agora vamos iniciar a instalação do Zimbra.

BAIXANDO E INSTALANDO O ZIMBRA 8

Agora, vamos baixar e instalar o Zimbra Open Source Edition 8 x64, para RHEL. Como estamos utilizando CentOS, vamos baixar este arquivo: 

# wget http://files2.zimbra.com/downloads/8.0.0_GA/zcs- 8.0.0_GA_5434.RHEL6_64.20120907144639.tgz 

Extraindo o arquivo com o tar:

# tar -xvf zcs-8.0.0_GA_5434.RHEL6_64.20120907144639
# cd zcs-8.0.0_GA_5434.RHEL6_64.20120907144639
 

Iniciando a instalação:

# ./install.sh –platform-override 

O comando –platform-override, é mais ou menos isso: “Subscreva e ignore a plataforma”.

Como baixamos para RHEL e nosso servidor é CentOS, o Zimbra chia, é para isso que serve o comando.

Quanto aparecer esta pergunta:

 Do you agree with the terms of the software license agreement? [N] y


Colocamos y e apertamos ENTER. 

Abaixo, deixamos tudo como default do Zimbra, só acrescentamos “Y” onde está “Y”, e “N” onde está “N”:

 Select the packages to install: 

Install zimbra-ldap [Y] y

Install zimbra-logger [Y] y

Install zimbra-mta [Y] y

Install zimbra-snmp [Y] y

Install zimbra-store [Y] y

Install zimbra-apache [Y] y

Install zimbra-spell [Y] y

Install zimbra-memcached [N] n

Install zimbra-proxy [N] n
Install anyway? [N] y [e dê um ENTER]
The system will be modified. Continue? [N] y [e dê um ENTER]

Agora, é só aguardar a instalação dos serviços do Zimbra.

Ao terminar, ocorrerá esse erro: ele fala que não conseguiu resolver o mx do domínio zmail.zmexemplo.com.br, pois zmail não é mx e o mx é zmexemplo.com.br, então colocamos Yes [dê ENTER].

 DNS ERROR resolving MX for zmail.zmexemplo.com.br
It is suggested that the domain name have an MX record configured in DNS
Change domain name? [Yes]Yes

E ficará da seguinte forma:

 Create domain: [zmail.zmexemplo.com.br] zmexemplo.com.br [de ENTER]


A próxima etapa é configurar a senha do admin. Irá surgir as opções: 

Main menu


1)
Common
Configuration:


2) zimbraldap:                    Enabled


3) zimbrastore:                    Enabled


+Create
Admin
User:                yes


+Admin user to create:            admin@zmexemplo.com.br

*******
+Admin
Password                UNSET


+Antivirus quarantine user:        virusquarantine.hnh04bvgxu@zmexemplo.com.br


+Enable automated spam training:    yes


+Spam training user:                spam.0wby7p2sr@zmexemplo.com.br


+Nonspam(Ham) training user:        ham.i7csumon8@zmexemplo.com.br


+SMTP host:                    zmail.zmexemplo.com.br


+Web server HTTP port:            80


+Web server HTTPS port:            443


+Web server mode:                https


+IMAP server port:                143


+IMAP server SSL port:            993


+POP server port:                110


+POP server SSL port:            995


+Use spell check server:            yes


+Spell server URL:                http://zmail.zmexemplo.com.br:7780/aspell.php


+Configure
for
use
with mail proxy:    FALSE


+Configure
for
use
with web proxy:    FALSE


+Enable version update checks:        TRUE


+Enable version update notifications:    TRUE


+Version update notification email:    admin@zmexemplo.com.br


+Version update source email:        admin@zmexemplo.com.br


4) zimbramta:                    Enabled


5) zimbrasnmp:                    Enabled


6) zimbralogger:                    Enabled


7) zimbraspell:                    Enabled


8)
Default
Class of Service
Configuration:

r)
Start servers after configuration        yes

s)
Save config to file

x)
Expand menu

q)
Quit

Escolheremos acima, as opções 3 e 4. Os resultados dessas opções, você confere abaixo:

 Password for admin@zmexemplo.com.br (min 6 characters): [1AIAXRBsJ] SENHADOADMIN


Usado para criar as futuras contas de e-mail. A opção ‘r’ retorna, ‘a’ para salvar, ou Yes para salvar a configuração no arquivo. 

Ele pedirá para notificar a VMware Zimbra do tanto de instalação que tem, no meu caso, eu coloquei “No”, pois como é uma instalação de teste não irá ser publicada e não há necessidade.

Quanto aparecer:

 Configuration complete – press return to exit


Pronto, a instalação está feita. 

Depois execute:

# su – zimbra 

$ Zmcontrol status    # Verifica os serviços que estão rodando
$ Zmcontrol stop    # Para os serviços do Zimbra
$ Zmcontrol start    # Inicia os serviços do Zimbra

FIREWALL – CHAT – SCREENSHOTS

Para quem usa um firewall, como via de regra, é fazer a liberação das portas no firewall para que o Zimbra funcione (envie e receba dados). Como no meu caso foi só para teste, eu desabilitei o firewall. 

Um dos inúmeros recursos interessantes do Zimbra é o Zimlets, que tem a função, entre outras, que você pode ir adicionando, do chat. Este é um recurso que pode ser liberado de dentro do e-mail para os contatos do próprio domínio.

Então mãos à obra, vamos carpi. (hehehe)

Vamos logar com o usuário Zimbra:

# su – zimbra 

Depois, basta executar:

$ zmprov -l -v mcf zimbraXMPPEnabled TRUE
$ zmprov -v mc default zimbraFeatureIMEnabled TRUE
$ zmprov -v mc default zimbraFeatureInstantNotify TRUE
$ zmcontrol stop
$ zmcontrol start
 

SCREENSHOTS

Uns screenshots das telas do Zimbra:


      

CONCLUSÃO

Esta instalação foi feita em um ambiente de teste com Zimbra 8, para um ambiente de testes para estudos e conhecimento da nova versão da ferramenta. 

Já para ambiente de produção, seria aconselhável o Zimbra 7.2.

Para visualizar o Zimbra no navegador, acesse:

– Esse é o console do Admin:


– Interface do Webmail:

Espero que desfrutem deste post e se quiser contratação para

Sobre Fabio Silva - MVP Reconnect

MVP Reconnect Microsoft Azure - Entusiasta Office 365 Profissional apaixonado por tecnologia. Perfil generalista mas com profundo conhecimento em varias tecnologias. Mais de 10 anos de skill em ambientes Linux Analista Senior realizando trabalhos: Comunicação unificada Lync 2013, Sharepoint 2013, Exchange 2013, Vmware e Windows 2012 preparado para nuvem, hibrida e on-premisses. Comunicação unificada Lync 2013, Sharepoint 2013, Exchange 2013, Vmware e Windows 2012 preparado para nuvem, hibrida e on-premisses. Implantação de comunicação unificada e mensageria Lync 2013 e Exchange 2013 na empresa Penso Tecnologia. Itcore Consultor Senior em todas soluções Microsoft e Virtualização. Consultor Microsoft e Linux Senior De Julho de 2012 a Março de 2013 Consultor Microsoft e Linux Senior De Maio de 2012 a Setembro de 2012 Tecban (Técnologia Bancaria) Auditor de Sistemas Pleno Março de 2012 a Maio de 2012 Analista de TI Senior Março de 2011 a Março de 2012 Analista de infra-estrutura de redes e desenvolvimento Maio 2007 a Março de 2011 Analista de Redes Março de 2005 a Maio de 2007 Integradora THS Área de Suporte CPD Janeiro de 2004 a Janeiro de 2005 Especializações: Certificado Microsoft Windows 2003, Certificado Zimbra Network Edition, Certificado Sonicwall. Especialização em Messageria Exchange 2007 e 2010. Especialização em Linux

Publicado em 8 de fevereiro de 2015, em Linux, Virtualização, Zimbra e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Muito bom o post Fabio,

    E para quem usa a versão opensource, eu poderia indicar o zextras, pois o mesmo através de zimlets, adiciona ferramentas que melhoram e tornam a administração mais simplificada, tais como sincronização móvel, backup em tempo real e muito mais.

    https://www.zextras.com/pt-br/

    Att.
    Wagner Souza
    Suporte Zextras Brasil

    Curtido por 1 pessoa

  2. Gostaria de saber mas por favor ita.bispo@outlook.com

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Project THOR

Technical and Human infrastructure for Open Research

randieri.com

Il blog di Cristian Randieri

TEC OFFICE PRODUTIVO

Tec Office Produtivo é um grupo de treinamentos, dicas e tutorias de informática sobre aplicativos utilizados em escritórios.

Gold Recipes

Gols Recipes

Escadas Especiais

Projetos, fabricação e instalação de escadas em geral

Jaqueline Ramos

Devops & Cloud

Blog do Douglas Romão

MVP Office Apps and Services | Modern Workplace and Business Applications Expert

%d blogueiros gostam disto: