Zimbra 8 passo a passo

Uma das vantagens de ter conhecimento em Linux e Windows é a facilidade e aprender ferramentas fascinantes como o Zimbra.

Trabalhei em ambiente de produção em larga escala com Linux com mais de 8000 usuários durante 7 anos e ainda participo de projetos paralelos em Linux, tenho certificação Zimbra.

Muitas empresas não têm recursos financeiros para manter um ambiente corporativo com tecnologias avançadas. O Linux proporciona muito estas empresas.

Aliás contrate bons profissionais que tenham conhecimento pois facilita o trabalho.

O mundo de mensageria como Exchange Server e Lotus Domino como outras ferramentas é conhecer e como ver o melhor portfólio para oferecer a uma empresa.

A características de negócios que é necessário oferecer produtos acessíveis em todos os níveis e o Zimbra Opensource Edition oferece isso.

O Zimbra oferece a versão Network Edition que é por licenciamento e alguns recursos como protocolo MAPI da Microsoft está embutido em seu uso.

Para quem não utiliza o Microsoft Outlook ou prefere utilizar online via web, o Zimbra não deixa nada a desejar ao Exchange e ainda particularmente está acima do Lotus Domino.

Eu recomendo sempre que fique em um Data Center e ser disponível com elasticidade.

A Recomendação é que virtualize e faça do Zimbra ser disponível, contrate uma empresa que tenha conhecimento na ferramenta bem como ofereça serviços de Cloud.

Ele é compativel em todos os serviços de virtualização como Vwamre, Xen Server e Hyper-V e também em Cloud como Amazon, Azure, Softlayer e Virtus Stream.

Abaixo os exemplos estão todos dentro da plataforma Linux, Mas você pode ter só o serviço de email e com a vasta oferta de DNS você não precisa suportar o serviço de DNS dentro da sua empresa ou em algum datacenter.

Isso abaixo o valor de custo.

Sugiro o serviço superdns (www.superdns.com.br) que é gratuito para um DNS.

INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

INTRODUÇÃO

Como o objetivo é só a instalação do Zimbra, não fiz a instalação do CentOSpor entender que já tenham uma Lab com uma máquina instalada. 

A instalação foi feita do zero, usando a instalação minimal do CentOS, só com o pacotes básicos, pois o Zimbra já inclui todos os pacotes necessários para o seu funcionamento.

SOFTWARES NECESSÁRIOS

Para iniciar o processo de configuração, primeiramente precisamos baixar/instalar alguns pacotes. São eles:

  • bind;
  • nc;
  • sysstat;
  • perl;
  • weget;
  • vim;
  • zimbra.


Ao instalar o CentOS, é instalado por default um servidor de e-mail para envio de mensagens locais, o Postfix. Precisamos, assim, parar e remover o Postfix da inicialização, pois o Zimbra já possui o Postfix e, se deixarmos ele rodando, o Zimbra não vai subir. 

Sendo assim, vamos parar e tirar o serviço do boot:

# service postfix stop
# chkconfig –del postfix
 

Agora, vamos instalar os pacotes para podermos iniciar a instalação:

# yum install bind bind-utils nc sysstat perl wget vim 

Pronto, agora estamos com o todos o requisitos necessários para a configuração do DNS e a instalação do Zimbra em si.

CONFIGURANDO

Bom, agora com o pacotes instalados em seu sistema, vamos para à parte de configuração do named. Execute os comandos: 

# cd /etc/
# cp -p named.conf named.conf-original
# > named.conf
# vim named.conf
 

Adicionaremos o seguinte conteúdo ao arquivo “named.conf”:

# vim db.zmexemplo.com.br

$TTL 86400

@ IN SOA zmail.zmexemplo.com.br. root.zmail.zmexemplo.com.br.
(


10118
;
Serial


43200
;
Refresh


3600
;
Retry


3600000
;
Expire


2592000
)
;
Minimum

IN NS zmail.zmexemplo.com.br.

MX 10 zmail.zmexemplo.com.br.

zmail IN A 192.168.0.252

Feito isso, agora iremos gerar a chave:

# rndc-confgen -a -c /etc/rndc.key 

Obs.: Deve demorar uns minutinhos.

Configurando o /etc/resolv.conf:

# vim /etc/resolv.conf 

Edite:

search zmexemplo.com.br
nameserver 192.168.0.252

TESTANDO O SERVIÇO DNS

Testando a configuração do named

# service named configtest 

No retorno deste comando, deve vir algo assim:

 zone zmexemplo.com.br/IN: loaded serial 10118

Se estiver tudo ok, execute:

# service named restart 

Caso dê algum erro, verifique no /var/log/messenges. Se tiver algum erro de permissão, verificar a permissão com:

# ls -l /etc/rndc.key 

Ou, faça da seguinte maneira:

# chown root:named /etc/rndc.key
# service named restart [ok] está tudo certo
 

Se não deu erro, podemos continuar. Agora vamos editar o /etc/hosts:

# vim /etc/hosts 

Edite:

127.0.0.1   localhost localhost.localdomain localhost4 localhost4.localdomain4
192.168.0.252 zmail.zmexemplo.com.br zmail
::1       localhost localhost.localdomain localhost6 localhost6.localdomain6

Feito assim, salve a configuração a partiremos para testar o serviço DNS:

# dig +short zmail.zmexemplo.com.br 

No retorno do comando dig, deverá vir o IP do servidor. No meu caso:

 192.168.0.252
# dig -x 192.168.0.252 # Numero do servidor

Assim, terminamos essa parte. Agora vamos iniciar a instalação do Zimbra.

BAIXANDO E INSTALANDO O ZIMBRA 8

Agora, vamos baixar e instalar o Zimbra Open Source Edition 8 x64, para RHEL. Como estamos utilizando CentOS, vamos baixar este arquivo: 

# wget http://files2.zimbra.com/downloads/8.0.0_GA/zcs- 8.0.0_GA_5434.RHEL6_64.20120907144639.tgz 

Extraindo o arquivo com o tar:

# tar -xvf zcs-8.0.0_GA_5434.RHEL6_64.20120907144639
# cd zcs-8.0.0_GA_5434.RHEL6_64.20120907144639
 

Iniciando a instalação:

# ./install.sh –platform-override 

O comando –platform-override, é mais ou menos isso: “Subscreva e ignore a plataforma”.

Como baixamos para RHEL e nosso servidor é CentOS, o Zimbra chia, é para isso que serve o comando.

Quanto aparecer esta pergunta:

 Do you agree with the terms of the software license agreement? [N] y


Colocamos y e apertamos ENTER. 

Abaixo, deixamos tudo como default do Zimbra, só acrescentamos “Y” onde está “Y”, e “N” onde está “N”:

 Select the packages to install: 

Install zimbra-ldap [Y] y

Install zimbra-logger [Y] y

Install zimbra-mta [Y] y

Install zimbra-snmp [Y] y

Install zimbra-store [Y] y

Install zimbra-apache [Y] y

Install zimbra-spell [Y] y

Install zimbra-memcached [N] n

Install zimbra-proxy [N] n
Install anyway? [N] y [e dê um ENTER]
The system will be modified. Continue? [N] y [e dê um ENTER]

Agora, é só aguardar a instalação dos serviços do Zimbra.

Ao terminar, ocorrerá esse erro: ele fala que não conseguiu resolver o mx do domínio zmail.zmexemplo.com.br, pois zmail não é mx e o mx é zmexemplo.com.br, então colocamos Yes [dê ENTER].

 DNS ERROR resolving MX for zmail.zmexemplo.com.br
It is suggested that the domain name have an MX record configured in DNS
Change domain name? [Yes]Yes

E ficará da seguinte forma:

 Create domain: [zmail.zmexemplo.com.br] zmexemplo.com.br [de ENTER]


A próxima etapa é configurar a senha do admin. Irá surgir as opções: 

Main menu


1)
Common
Configuration:


2) zimbraldap:                    Enabled


3) zimbrastore:                    Enabled


+Create
Admin
User:                yes


+Admin user to create:            admin@zmexemplo.com.br

*******
+Admin
Password                UNSET


+Antivirus quarantine user:        virusquarantine.hnh04bvgxu@zmexemplo.com.br


+Enable automated spam training:    yes


+Spam training user:                spam.0wby7p2sr@zmexemplo.com.br


+Nonspam(Ham) training user:        ham.i7csumon8@zmexemplo.com.br


+SMTP host:                    zmail.zmexemplo.com.br


+Web server HTTP port:            80


+Web server HTTPS port:            443


+Web server mode:                https


+IMAP server port:                143


+IMAP server SSL port:            993


+POP server port:                110


+POP server SSL port:            995


+Use spell check server:            yes


+Spell server URL:                http://zmail.zmexemplo.com.br:7780/aspell.php


+Configure
for
use
with mail proxy:    FALSE


+Configure
for
use
with web proxy:    FALSE


+Enable version update checks:        TRUE


+Enable version update notifications:    TRUE


+Version update notification email:    admin@zmexemplo.com.br


+Version update source email:        admin@zmexemplo.com.br


4) zimbramta:                    Enabled


5) zimbrasnmp:                    Enabled


6) zimbralogger:                    Enabled


7) zimbraspell:                    Enabled


8)
Default
Class of Service
Configuration:

r)
Start servers after configuration        yes

s)
Save config to file

x)
Expand menu

q)
Quit

Escolheremos acima, as opções 3 e 4. Os resultados dessas opções, você confere abaixo:

 Password for admin@zmexemplo.com.br (min 6 characters): [1AIAXRBsJ] SENHADOADMIN


Usado para criar as futuras contas de e-mail. A opção ‘r’ retorna, ‘a’ para salvar, ou Yes para salvar a configuração no arquivo. 

Ele pedirá para notificar a VMware Zimbra do tanto de instalação que tem, no meu caso, eu coloquei “No”, pois como é uma instalação de teste não irá ser publicada e não há necessidade.

Quanto aparecer:

 Configuration complete – press return to exit


Pronto, a instalação está feita. 

Depois execute:

# su – zimbra 

$ Zmcontrol status    # Verifica os serviços que estão rodando
$ Zmcontrol stop    # Para os serviços do Zimbra
$ Zmcontrol start    # Inicia os serviços do Zimbra

FIREWALL – CHAT – SCREENSHOTS

Para quem usa um firewall, como via de regra, é fazer a liberação das portas no firewall para que o Zimbra funcione (envie e receba dados). Como no meu caso foi só para teste, eu desabilitei o firewall. 

Um dos inúmeros recursos interessantes do Zimbra é o Zimlets, que tem a função, entre outras, que você pode ir adicionando, do chat. Este é um recurso que pode ser liberado de dentro do e-mail para os contatos do próprio domínio.

Então mãos à obra, vamos carpi. (hehehe)

Vamos logar com o usuário Zimbra:

# su – zimbra 

Depois, basta executar:

$ zmprov -l -v mcf zimbraXMPPEnabled TRUE
$ zmprov -v mc default zimbraFeatureIMEnabled TRUE
$ zmprov -v mc default zimbraFeatureInstantNotify TRUE
$ zmcontrol stop
$ zmcontrol start
 

SCREENSHOTS

Uns screenshots das telas do Zimbra:


      

CONCLUSÃO

Esta instalação foi feita em um ambiente de teste com Zimbra 8, para um ambiente de testes para estudos e conhecimento da nova versão da ferramenta. 

Já para ambiente de produção, seria aconselhável o Zimbra 7.2.

Para visualizar o Zimbra no navegador, acesse:

– Esse é o console do Admin:


– Interface do Webmail:

Espero que desfrutem deste post e se quiser contratação para

Anúncios

Sobre Fabio Silva

MVP Microsoft Azure - Entusiasta Office 365 Profissional apaixonado por tecnologia. Perfil generalista mas com profundo conhecimento em varias tecnologias. Mais de 10 anos de skill em ambientes Linux Analista Senior realizando trabalhos: Comunicação unificada Lync 2013, Sharepoint 2013, Exchange 2013, Vmware e Windows 2012 preparado para nuvem, hibrida e on-premisses. Comunicação unificada Lync 2013, Sharepoint 2013, Exchange 2013, Vmware e Windows 2012 preparado para nuvem, hibrida e on-premisses. Implantação de comunicação unificada e mensageria Lync 2013 e Exchange 2013 na empresa Penso Tecnologia. Itcore Consultor Senior em todas soluções Microsoft e Virtualização. Consultor Microsoft e Linux Senior De Julho de 2012 a Março de 2013 Consultor Microsoft e Linux Senior De Maio de 2012 a Setembro de 2012 Tecban (Técnologia Bancaria) Auditor de Sistemas Pleno Março de 2012 a Maio de 2012 Analista de TI Senior Março de 2011 a Março de 2012 Analista de infra-estrutura de redes e desenvolvimento Maio 2007 a Março de 2011 Analista de Redes Março de 2005 a Maio de 2007 Integradora THS Área de Suporte CPD Janeiro de 2004 a Janeiro de 2005 Especializações: Certificado Microsoft Windows 2003, Certificado Zimbra Network Edition, Certificado Sonicwall. Especialização em Messageria Exchange 2007 e 2010. Especialização em Linux

Publicado em 8 de fevereiro de 2015, em Linux, Virtualização, Zimbra e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Muito bom o post Fabio,

    E para quem usa a versão opensource, eu poderia indicar o zextras, pois o mesmo através de zimlets, adiciona ferramentas que melhoram e tornam a administração mais simplificada, tais como sincronização móvel, backup em tempo real e muito mais.

    https://www.zextras.com/pt-br/

    Att.
    Wagner Souza
    Suporte Zextras Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: