Arquivo mensal: março 2017

Provisionando SUSE ENTERPRISE LINUX ARM AZURE

Olá Pessoal

Hoje vou mostrar como provisionar SUSE ENTERPRISE EM ARM (Azure Resource Manager).

Suse é uma distribuição linux bastante usada em ambientes corporativos grandes por ser robusto, performático.

A SAP homologa o SUSE para suas aplicações como exemplo.

Acesse o site da SUSE e veja informações mais relevantes em https://www.suse.com/pt-br/

Iremos provisionar a versão 12 SP4 Versão estável.

Iremos escolher Resource Manager (Azure Resource Manager) para os próximos passos.

Quer saber sobre a versão ASM (Versão Classica) acesse aqui https://fabiosilva.com.br/2016/02/03/suse-enterprise-linux-12-no-microsoft-azure/

Nesta sequencia criaremos o nome do servidor, o disco que será usado, neste caso por performance SSD. User name e Password.
A Subscrição que você tem, neste caso Visual Studio Enterprise.

Finalizando a primeira etapa a criação do Resource Group e a localidade da maquina.

Nesta etapa escolheremos a maquina virtual e escolheremos o modelo DS2_v2 como laboratório.

Neste passo você escolhera se o disco será gerenciado ou não, é um item novo dentro do Azure. Veja aqui sobre disco gerenciado.
O storage account onde o disco será armazenado, a vNet e o ip publico o NSG por diante. Manteremos tudo padrão para laboratório.

Neste POST eu detalhei tudo sobre ARM e você pode ver uma criação em detalhes aqui.

Valide as informações da maquina e quem sabe futuramente você pode fazer o download do template da mesma para um uso futuro.

A aguarde o provisionamento da máquina.

Maquina criada vamos ver todos recursos e acessar o ambiente via SSH.

Veja todos os recursos agrupados da maquina SUSE ENTERPRISE.

Na DASHBOARD ele lhe mostra uma série de informações que garante que o acesso SSH seja concluído.

Acesse via putty com username e password criado.

Pronto, Suse provisionado e você estará pronto para instalação da sua aplicação para uso no Azure.

O provisionamento dependendo do tamanho da máquina não dura 5 minutos.

Simples, objetivo e rápido.

Até a próxima.

Anúncios

Transferências de dados com AZCOPY para Azure

Olá pessoal

Hoje irei demonstrar a vocês de uma forma fácil e barata a transferência de dados através do AZCOPY.

Se você já tem a familiaridade do XCOPY o AZCOPY é semelhante.

Além de você ter como ferramenta de transferência o Azure File Explorer ou o REDGATE Azure explorer o Azcopy é uma forma barata ou para automação através do Windows com Schedule.

O AzCopy pode ser baixado deste link ( http://aka.ms/downloadazcopy ). Para instalar, basta seguir as instruções de instalação.

A instalação é bem tranquila.

Depois de baixar siga com NEXT

Aceite os termos do contrato e siga com NEXT.

Escolha o diretório onde o software ficará armazenado e siga com NEXT

Continue com o procedimento e clique em INSTALL

Finalize a instalação com FINISH para continuarmos com o procedimento.

O modelo de conexão que iremos realizar é este abaixo.

@echo off

cd C:\Program Files (x86)\Microsoft SDKs\Azure\AzCopy

AzCopy /Source:C:\myFolder /Dest:https://myazureaccount.windows.net/myfileshare1 /DestKey:mydestKey /S /Y

Vejamos cada componente do comando AzCopy em detalhes:

  • / Source: – Especifica a origem do arquivo. Essa fonte pode ser armazenamento de arquivos regular ou qualquer uma das opções de armazenamento do Microsoft Azure . Neste caso, estamos especificando uma pasta em nossa unidade C.
  • / Dest: – Especifica o destino do comando. Se o destino for uma das opções de armazenamento do Microsoft Azure, será necessário especificar uma chave de destino para acessar o armazenamento.
  • / DestKey – Especifica a chave da conta de armazenamento para a chave de destino
  • / S – Define o modo para recursivo, o que fará com que o AzCopy copie todos os blob ou arquivos.
  • / Y – Confirma que o comando será feito do AzCopy

Agora você precisa criar um storage acount no Azure.

Acessamos o portal e criamos um storage como General purpose que o foco é transferência de arquivos como OBJETO em geral.

Lembrando que temos 4 tipos de arquivos como BLOCO, ARQUIVOS, TABELAS e FILAS.

Saiba mais aqui sobre ARMAZENAMENTO em https://docs.microsoft.com/pt-br/azure/storage/storage-introduction

Storage criado, vamos criar a pasta que vai receber os dados dentro de FILES. Iremos clicar em FILES e criar a pasta.

Clicamos em File Share e criamos a pasta

Criamos com nome como exemplo acima e configure o tamanho até 5120GB ou 5TB (Cinco terabyte) que é o tamanho máximo de casa pasta.

Pasta criada, e veremos o endereço URL e a chave para que faça sentido o comando AZCOPY para a cópia dos arquivos.

Em Connect teremos um exemplo para conexão e iremos usar como exemplo para utilizar o comando para transferir os dados.

AzCopy /Source:C:\myFolder /Dest:https://myazureaccount.windows.net/myfileshare1 /DestKey:mydestKey /S /Y

Seguindo o exemplo AzCopy /Source:C:\myFolder /Dest:https://myazureaccount.windows.net/myfileshare1 /DestKey:mydestKey /S /Y

A copia dos arquivos que fiz através da minha maquina é da pasta Documentos

C:\Program Files (x86)\Microsoft SDKs\Azure\AzCopy>AzCopy /Source:C:\Users\fpere\Documents\ /Dest:https://storagefabiosilva.file.core.windows.net/pastafabio /DestKey:C4br1VX27L8P67BFQ1yrr0U7qYnaZ2hFHIevE8Ph/999jXV0BOnisxAkUOuWDpIjXsXFnhbposten9jUtwpg6g== /S /Y

Veja que quando é dado o comando em amarelo ele mostra em tempo real os arquivos sendo transferidos.

Para conferir que os arquivos estão sendo transferidos através do portal vá na pasta criada e veja os arquivos.

Outra forma também de visualizar os arquivos podemos utilizar através no mapeamento em https://fabiosilva.com.br/2016/11/23/mapeando-storage-no-linux-e-no-windows-no-azure/ ou pelo Azure explorer ou Redgate Azure Explorer mencionado acima.

Arquivos transferidos finalizados com êxito.

Espero que tenham gostado.

Até o próximo post.

Maratona Azure Open Source. 

A Microsoft vem em uma campanha muito legal de investimentos em opensource. Para isso está disponibilizando gratuitamente cursos e com certificado. Aproveitem e façam que é por tempo limitado.

Capturar.PNG

http://www.microsoftdiplomados.com/brasil/?WT.mc_id=602165_OLA_11087213057886_11087213057907

Redundância de dados em nuvens diferentes “Multicloud”

Olá pessoal

Ontem tivemos notícias bombásticas que alguns serviços do Amazon tiveram fora ou totalmente fora, e um bem conhecido dele foi o S3, que é uns dos serviços de armazenamentos da AWS.

Hoje podemos definir que seu site ou aplicação for imprescindível podemos definir que ele tem que ter uma disponibilidade sem igual.

O “Seguro morreu de velho” já dizia nossos pais e nossos avós.

banner-x2

Então irei mostrar um exemplo bem básico de armazenar imagens estáticas ou até outros tipos de objetos.

Irei mostrar como fazer um upload básico da mesma imagem e você pode através de programação alterar de forma rápida em nuvens distintas como AWS e propriamente o Azure. Não tenho expertise em desenvolvimento, mas esta demonstração vai despertar a imaginação de você que desenvolve ou até mesmo pensar em multicloud.

Isso irá deixar seu site multicloud assim não dependente de uma nuvem só.

No Azure temos o Storage Account que tem algumas funções.

Se gostaria de saber sobre armazenamento em especifico sobre storage account no Azure veja em https://docs.microsoft.com/pt-br/azure/storage/storage-introduction.

Também sobre S3 veja em https://aws.amazon.com/pt/s3/.

Este post não visa mostrar como criar bucket no S3 e nem contêiner no storage account mas sim como fazer o upload da mesma imagem e mostrar as URLS das imagens nas 2 nuvens.

Eu criei o storage account e o contêiner em blob service para fazer o upload da imagem no Azure e criei um bucket no s3 e a pasta imagens no AWS. Irei fazer o upload em cada nuvem.

Bem simples no contêiner va em upload e escolha a imagem como escolhi banner01.jpg e faça o upload da imagem.

Banner feito o upload, agora vamos no AWS e fazer a mesma configuração.

Na pasta criada imagens vá em upload.

Clique em ADD Files e escolha a mesma imagem. Clique em START UPLOAD e aguarde.

Pronto já temos as mesmas imagens no Azure e AWS.

No Azure você pode ir em propriedades e copiar a URL da imagem como acima.

No AWS nas propriedades também tem a URL da imagem e você pode copiar também a URL.

Abaixo você pode verificar as URLS que criei.

https://bancodeimagens.blob.core.windows.net/imagens/banner01.jpg

https://s3-sa-east-1.amazonaws.com/bancodeimagensfabio/Imagens/banner01.jpg

Eu também fiz um html simples que mostra as 2 URLS nas 2 nuvens.

Clique aqui  

Esta é uma demonstração básica que pode ser feito já.

Tanto Azure como S3 tem redundâncias setadas para regiões garantindo que seus dados estejam disponíveis em localidades diferentes, mas nada que nuvens diferentes possam lhe dar poder maior de disponibilidade e até economia na hora de pagar.

Espero que este post ajude.

Até mais.

Obrigado.