Arquivos do Blog

Boletim Semanal Azure

Semanalmente estaremos traduzindo e compartilhando em português Brasil novidades do Azure.

Português (Brasil)☁ Azure Weekly #335 – 8 de agosto de 2021

Se prepare que é uma avalanche de novidades.

Edição do Boletim Semanal Azure #335

alimentado por endjin

Bem-vindos ao Azure Weekly Issue 335! Tivemos uma semana no endjin embarcando no primeiro de nossa nova coorte de estagiários e aprendizes – uma enorme recepção a Klaudia Guz e Amy Shaw que se juntaram a nós como a primeira de nossas novas estagiárias! 

Esta semana, Mark Kromer destaca que a fonte e a pia REST estão agora disponíveis para fluxos de dados na Azure Data Factory, e Thomas Thornton explica como usar variáveis condicionais no Azure DevOps Pipelines

Tobias Zimmergren explica como impor a autenticação ao enviar telemetria do Application Insights usando o novo recurso de solicitações autenticadas. E Sebastian Zolg fornece 5 dicas para se tornar um Associado de Engenheiro AZure Azure Certificado pela Microsoft.

Se você tiver algum conteúdo que queira contribuir para a newsletter, por favor, twitte @AzureWeekly ou envie um e-mail para AzureWeekly@endjin.com

Interessado em Power BI? Inscreva-se em nossa newsletter irmã Power BI Weekly para receber todas as notícias do Power BI da semana. 

@HowardvRooijen | @endjin

AI + Machine Learning

Cobertura: Detector de anomalias, Serviço Azure Bot, Aprendizado de Máquina Azure, Azure Open Datasets, APIs de Bing, Serviços Cognitivos, Visão computacional, Moderador de Conteúdo, Visão Personalizada, Máquinas Virtuais de Ciência de Dados, Face, Reconhecimento de Formulário, Leitor Imersivo, Reconhecimento de Tinta, Entendimento de Linguagem (LUIS), Estúdio de Aprendizagem de Máquinas, Genômica Microsoft, ML.NET, Personalização, Projeto Cortex, Criador de QnA, Reconhecimento de Voz, Fala-a-Texto, Tradução de Fala, Análise de Texto, Texto para Fala, Discurso do Tradutor, Tradutor de Texto 

Analytics

Cobertura: Apache Spark for HDInsight, Apache Storm for HDInsight, Azure Analysis Services, Azure Data Explorer, Azure Data Share, Azure Databricks, Azure Stream Analytics, Azure Synapse Analytics, Data Catalog, Data Factory, Data Lake Analytics, Event Hubs, HDInsight, .NET for Apache Spark, R Server for HDInsight, Azure Purview 

Computação

Cobertura: Azure CycleCloud, Azure Dedicated Host, Azure Functions, Azure VMware Solution by CloudSimple, Batch, Cloud Services, Linux Virtual Machines, SAP HANA on Azure Large Instances, Service Fabric, Virtual Machines, Virtual Machine Scale Sets 

Conteiner

Cobertura: Azure Kubernetes Service (AKS), Azure Red Hat OpenShift, CNAB, CNCF, Container Instances, Container Registry, Porter, WSL, Web App for Containers 

Bancos de dados

Cobertura: Azure Cosmos DB, Banco de Dados Azure para MariaDB, Banco de Dados Azure para MySQL, Banco de Dados Azure para PostgreSQL, Banco de Dados Azure SQL, Azure SQL Database Edge, Azure Cache for Redis, SQL Data Warehouse, SQL Server em máquinas virtuais, SqL Server Stretch Database, Armazenamento de tabela 

Ferramentas para desenvolvedores

Cobertura: Configuração de aplicativos, Serviços de Laboratório Azure, CLIs, Integrações de ferramentas de desenvolvedores, SDKs, Visual Studio, Visual Studio Code, Visual Studio Online 

DevOps

Cobertura: Artefatos Azure, Placas Azure, Azure DevOps, Azure Pipelines, Azure Repos, Azure Test Plans, Azure DevTest Labs, Integrações de ferramentas DevOps 

híbrido

Cobertura: Arco Azure, Pilha de Azure 

Identidade

Cobertura: Azure Active Directory (AD), Azure Active Directory B2C, Azure Active Directory Domain Services 

Integração

Cobertura: Api Azure para FHIR, Grade de Eventos, Aplicativos Lógicos, Ônibus de Serviço 

Internet das Coisas

Cobertura: Azure Digital Twins, Azure IoT Central, Azure IoT Edge, Azure IoT Hub, aceleradores de soluções Azure IoT, Mapas Azure, Esfera Azure, Insights da Série Azure, IoT DevKit, WildernessLabs, Windows 10 IoT Core Services 

Aprendizagem

Cobertura: Certificações Microsoft, Certificações Azure, Caminhos de Aprendizagem da Microsoft, Informações sobre Caminhos de Certificação 

Gestão e Governança

Cobertura: Automação, Azure Advisor, Azure Backup, Azure Blueprints, Azure Lighthouse, Azure Managed Applications, Azure mobile app, Azure Monitor, Azure Policy, Azure Resource Manager, Azure Service Health, Azure Site Recovery, Cloud Shell, Cost Management, Portal Microsoft Azure, Scheduler, Azure Purview 

Mídia

Cobertura: Azure Media Player, Proteção de Conteúdo, Codificação, Transmissão ao vivo e sob demanda, Análise de Mídia, Serviços de Mídia, Indexador de Vídeo 

  • Sem conteúdo esta semana

Migração

Cobertura: Serviço de migração de banco de dados Azure, Migração do Azure, Caixa de Dados 

Mobile

Cobertura: App Service (Mobile), aplicativos móveis, centros de notificação, visual studio app center, Xamarin 

Rede

Cobertura: Portal de aplicativos, Azure Bastion, Azure DNS, Azure ExpressRoute, Azure Firewall, Azure Firewall Manager, Azure Front Door, Azure Internet Analyzer, Azure Private Link, Content Delivery Network, Load Balancer, Network Watcher, Traffic Manager, Virtual NETWORK, Virtual WAN, VPN Gateway, Firewall de Aplicativos Web 

Segurança

Cobertura: Proteção Azure DDoS, Proteção de Informações Azure, Azure Sentinel, Key Vault, Security Center 

Armazenamento

Cobertura: Armazenamento de arquivo, Avere vFXT para Azure, Azure Data Lake Store, Azure FXT Edge Filer, Azure HPC Cache, Arquivos Azure NetApp, Blob Storage, Armazenamento em Disco, Armazenamento de Arquivos, Discos Gerenciados, Armazenamento de Filas, Contas de Armazenamento, Explorador de Armazenamento, StorSimple 

  • Sem conteúdo esta semana

Web

Cobertura: Aplicativos de API, Gerenciamento de API, App Service (Web), Pesquisa Cognitiva do Azure, Serviço Azure SignalR, Azure Spring Cloud, aplicativos da Web 

Windows Virtual Desktop

Cobertura: Windows Virtual Desktop 

  • Sem conteúdo esta semana

Liderança do pensamento de endjin

Links úteis

  • Inventário de Recursos Azure – O Inventário de Recursos do Azure é um poderoso script escrito no PowerShell para gerar um relatório Excel de qualquer Ambiente Azure que você tenha lido acesso
  • Modelos Azure Quickstart – Saiba como implantar no Azure usando modelos ARM. Mais de 850 exemplos neste repo.
  • Azure CNAB Quickstarts Library – Você pode implantar na Nuvem, no Prem e no Edge usando CNAB & Porter. Esta biblioteca fornece uma série de modelos de partida rápida para ajudá-lo a começar, rápido!
  • Power BI Weekly – Interessado em Power BI? Inscreva-se em nossa newsletter irmã Power BI Weekly para receber todas as notícias do Power BI da semana.
  • Azure Resources – Uma fantástica coleção de recursos contidos neste repo. Emita um RP se você tiver recursos para compartilhar. Dirigido pelo MVP do Azure Gregor Suttie.
  • Azure Charts – Azure Charts é um conjunto de gráficos auto-reconstruídos para mantê-lo atualizado sobre alterações do Azure, notícias, estatísticas. Atualizações públicas, canais RSS e páginas da Web são usados como fontes de dados
  • O Guia do Desenvolvedor para o Microsoft Azure (2ª Edição) – ebook da Microsoft mostrando abordagens arquitetônicas e padrões comuns de design que você enfrenta ao construir aplicativos modernos.
  • Azure Virtual Datacenter – ebook da Microsoft destacando uma abordagem de isolamento, segurança e confiança na nuvem da Microsoft.
  • Segurança Cibernética Desmistificada – ebook da Microsoft descrevendo como manter sua organização segura.
  • O pôster do Microsoft What is Azure – uma visão geral visual dos serviços e recursos do Azure.
  • Microsoft Azure Essentials: Fundamentals of Azure – um ebook gratuito da Microsoft Press, por Michael S. Collier e Robin E. Shahan.
  • Data Science in the Cloud com Microsoft Azure Machine Learning e R – um ebook gratuito sobre Aprendizado de Máquina Azure, por Stephen F. Elston.
  • Proteção de dados no Microsoft Azure – um whitepaper que descreve os vários mecanismos que você pode aproveitar para gerenciar dados confidenciais na plataforma Azure.
  • Azure Architecture Center – orientação da equipe patterns & practices que abrange API Design, implementação de API, Autoscaling, Trabalhos de Fundo, CDN, Cache, Particionamento de Dados, Monitoramento e Diagnósticos, Retry, Escalabilidade e Disponibilidade.
  • Referência do Arquiteto Azure – se você é um arquiteto responsável pela construção de um aplicativo no Azure, ou está tentando descobrir como você pode migrar um aplicativo e precisa cavar fundo na carga de trabalho, custo, segurança, capacidade, disponibilidade, implantação e modelagem operacional este recurso inestimável deve ser sua primeira parada. Um projeto de código aberto, com contribuições de vários arquitetos experientes, reúne dados de muitas referências diferentes em um guia único e útil que é constantemente atualizado pela comunidade.
  • Guia de design de armazenamento de tabelas do Azure – um guia da equipe de armazenamento.
  • Diretrizes de implementação de serviços de infraestrutura do Azure – principais diretrizes de projeto e implementação para a implantação de uma carga de trabalho de TI em serviços de infraestrutura do Azure.
  • Azure Speed Test – uma ferramenta web simples que mede a latência entre você e o Azure Datacenters para sugerir o que pode ser mais rápido para sua localização.
  • Azure Websites Cheatsheet – tudo o que você precisa saber sobre configuração e gerenciamento de sites do Azure em uma única página.
  • Data Migration Assistant – permite que você atualize para uma plataforma de dados moderna detectando problemas de compatibilidade que podem impactar a funcionalidade do banco de dados em sua nova versão do SQL Server e do Azure SQL Database. Ele recomenda melhorias de desempenho e confiabilidade para o ambiente de destino.
  • Calculadora Azure SQL DTU – uma ferramenta para ajudá-lo a determinar o número de DTUs para o seu banco de dados SQL Server existente, bem como uma recomendação do nível mínimo de desempenho e nível de serviço que você precisa antes de migrar para o Banco de Dados SQL do Azure.
  • Microsoft Azure Symbol/Icon Set – um conjunto de formas Visio e PowerPoint para uso em diagramas/apresentações de arquitetura.
  • Service Bus Explorer – uma ferramenta gratuita e de código aberto para gerenciar e explorar a Azure Service Bus (incluindo Event Hubs).
  • Melhores práticas para projetar modelos de gerente de recursos do Azure – orientação baseada no whitepaper ‘World Class ARM Templates Considerations and Proven Practices’.
  • Microsoft Cloud Networking for Enterprise Architects – um guia para download para a rede Azure, abrangendo tópicos como migração em nuvem e rede para serviços PaaS e SaaS
  • Whitepapers for Power BI – numerosos whitepapers que variam vários tópicos power BI
  • Azure Serverless Computing Cookbook – ebook da Microsoft, incluindo casos de uso, passos práticos e tutoriais para configurar rapidamente seus próprios ambientes sem servidor.
  • Resumo Executivo: Enterprise Cloud Strategy – resumo executivo do e-book de 140 páginas da Microsoft. Conheça o básico da adoção de uma estratégia de computação em nuvem para sua empresa.
  • Migrando o SQL Server para a instância gerenciada do banco de dados Azure SQL — um guia passo a passo – da Microsoft fornecendo a divisão de etapas táticas para implementar uma migração rápida, simples e de baixo impacto de dados com a instância gerenciada do banco de dados Azure SQL.
  • Azure Backup Deep Dive Whitepaper – um mergulho profundo por Adin Ermie e Charbel Nemnom descrevendo Azure Backup
  • Azure Stack: Uma extensão do Azure – whitepaper da Microsoft detalhando como você pode estender o Azure Stack para disponibilizar serviços do Azure no local
  • Guia de Estratégia e Implementação do Azure – Para usuários do Azure – ebook da Microsoft delineando princípios recomendados de arquitetura geral e design em nuvem, DevOps, abordagens para gerenciamento de serviços e governança geral.
  • Azure Data Factory: SSIS in the Cloud – eBook da Microsoft explicando por que você gostaria de migrar suas cargas de trabalho SSIS existentes para a Azure Data Factory e abordando considerações e preocupações comuns. Inclui detalhes técnicos da criação de um Azure-SSIS IR e, em seguida, passo-a-passo de como carregar, executar e monitorar seus pacotes através da Fábrica de Dados Azure
  • Sistemas de Arquivos Virtuais Paralelos no Microsoft Azure – ebook da Microsoft documentando os resultados de uma série de testes de desempenho no Azure para ver como brilho escalável, GlusterFS e BeeGFS são
  • Construa e implante um aplicativo de vários contêineres no Azure Service Fabric – ebook da Microsoft que mostra como criar um aplicativo de amostra de vários contêineres usando ASP.NET Core e Docker e implantá-lo em um cluster Azure Service Fabric.
  • Azure ebook/whitepaper resources – White papers, relatórios de analistas e e-books landing page com uma abundância de recursos extras.
  • Farmer – Este é um DSL para criação de modelos ARM – “Facilitando as implantações do Azure repetível”!

Fonte Azure Week

Diferenças de POC, Piloto, Teste ou Try and Buy

Olá pessoal

Com advento de cloud e produtividade ter massificação exponencialmente muitas empresas, corporações tem pedido alguma forma de saborear, testar e se suas aplicações, servidores são aderentes ao uso em cloud.

Isto posto a massificação de pedidos de POC (Prova de conceito ou proof of concept) tem crescido muito.

Mas qual as definições de uma POC ou um piloto ou um teste ou try and buy como você preferir.

Na área de arquitetura isso tem bastante diferença na hora que o cliente pede este tipo de modelo de negócio assim seja.

Geralmente o pedido de POC não tem custo, já os modelos de Piloto, teste ou try and buy tem uma profundidade técnica ou de estudo dos workloads e aplicações dos cliente que de alguma maneira geram custo sejam ele pequeno ou não.

POC – Prova de Conceito ou Proof of concept:

É uma forma de demonstração básica de um serviço, plataforma ou infraestrutura que pode ou não coincidir com algum serviço que você tem semelhante em seu ambiente. Óbvio que estou focando em cloud.

Geralmente os fabricantes como Azure, AWS e Google Cloud e os integradores parceiros e seus arquitetos ou BDMs mais técnicos já tem laboratórios e ambientes prontos para demonstrar e satisfazer a relação comercial. Isso gera bastante resultado em fechamentos de negócios ao mostrar funcionando em tempo real  algum laboratório que o cliente gostaria de ver.

No site do Wikipédia tem uma otima definição de POC em seu contexto geral.

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Prova_de_conceito#:~:text=A%20PoC%20%C3%A9%20considerada%20habitualmente,constru%C3%A7%C3%A3o%20j%C3%A1%20seja%20operacional…

Em resumo o POC na sua definição não é um teste direto em um ambiente de produção ou homologação e até desenvolvimento do cliente.

Ha muitos POC que ainda hoje o cliente confunde bastante que seu ambiente deve ser testado. Mas a definição é outra.

Piloto, Teste ou Try And Buy: Agora sim este é uma definição de que o cliente já fez o POC, conheceu o produto ou serviço e quer tracionar se sua aplicação, infraestrutura, plataforma e ou produtividade tem aderência com seu negócio.

Este tipo de modelo tem variações pois ele é antecessor a que vai virar efetivamente um projeto.

Normalmente é feito um assessment no ambiente do cliente, feito todo mapeamento de workload, infra ou aplicação, feito adaptações para que o ambiente funcione ou não.

Neste caso o fabricante ou integrador seleciona uma equipe para realizar os teste gerando horas de trabalho e obvio que em algumas organizações ela aposta que o negócio será fechado ou movimenta o número de horas gastas para o projeto. Afinal nenhuma organização vive sem rentabilidade.

Diferente de ambientes físicos em ambiente de cloud e produtividade os fabricantes disponibilizam direto servicos sem custo ou um crédito que possibilita a qualquer pessoa no globo terrestre seja ela curiosa ou não.

Os fabricantes como Microsoft Azure e Microsoft  365 disponibilizam créditos de Azure e 1 mês para uso das ferramentas da suíte Microsoft 365.

A AWS, Google Cloud, Oracle e Alibaba disponibilizam créditos para POC, teste suficiente para que você possa fazer sozinho ou contratar um canal ou parceiro para jornada da nuvem.

A Vmware tem um laboratório de teste interessante online onde você pode testar as funcionalidades da ferramenta na integra sem custo.

Espero que você tenha entendido e eu vou deixar vários links onde você pode adquirir seus créditos ou testar.

Office 365 E3 – você pode testar na integra por 1 mês 25 contas do Office 365 E3 – https://signup.microsoft.com/create-account/signup?offerid=B07A1127-DE83-4a6d-9F85-2C104BDAE8B4&dl=ENTERPRISEPACK&ispolaris=1&culture=pt-br&country=BR&ali=1&products=cfq7ttc0k59j:0009

Para quem já tem a suíte é mais fácil ainda basta seguir os DOCS da Microsoft para testar – https://docs.microsoft.com/pt-br/microsoft-365/commerce/try-or-buy-microsoft-365?view=o365-worldwide#try-or-buy-a-microsoft-365-subscription

Microsoft Azure – Você tem por volta de $200,00 dólares ou R$900,00 para testar durante 1 mês e vários serviços que permite o teste até 12 meses gratuitamente. https://azure.microsoft.com/pt-br/free/search/?&ef_id=Cj0KCQjwyJn5BRDrARIsADZ9ykFQ8mfTq4KWQ1NYHmwU4RMf6_IuAhu3Z6LELXk1v_PMqqNcbTKcYPgaAu3TEALw_wcB:G:s&OCID=AID2100014_SEM_Cj0KCQjwyJn5BRDrARIsADZ9ykFQ8mfTq4KWQ1NYHmwU4RMf6_IuAhu3Z6LELXk1v_PMqqNcbTKcYPgaAu3TEALw_wcB:G:s&dclid=CM_Pre7l_OoCFRUyuQYdEGMHaA

AWS – Voce cria sua conta, recebe um crédito para uso e varios serviços para uso gratuito de até 12 meses, veja neste link https://aws.amazon.com/pt/free/?all-free-tier.sort-by=item.additionalFields.SortRank&all-free-tier.sort-order=asc

Google Cloud Platform – O GCP tem $300,00 dólares para você testar os produtos e serviços da ferramenta.

Como nas concorrentes o GCP tem vários servicos gratuitos para teste. https://cloud.google.com/free?gclsrc=aw.ds&&utm_source=google&utm_medium=cpc&utm_campaign=latam-BR-all-pt-dr-bkws-all-all-trial-b-dr-1009133-LUAC0008676&utm_content=text-ad-none-none-DEV_m-CRE_442845170121-ADGP_BKWS+%7C+Multi+~+General+%7C+Trial-KWID_43700042337576968-kwd-721792953087-userloc_1001765&utm_term=KW_%2Bgoogle%20%2Bcloud%20%2Btrial-ST_%2BGoogle+%2BCloud+%2BTrial&gclid=Cj0KCQjwyJn5BRDrARIsADZ9ykGktidBSfP1dk4GkNJOqUA5YX1au_gvOaXqcMpayurp_RHcgNvTdDsaAl3OEALw_wcB

Vmware – A vmware disponibiliza laboratórios para teste e isso faz muito a diferença na escolha de seus serviços. https://labs.hol.vmware.com/HOL/catalogs/catalog/1212

Eu nao mencionei acima mas a Citrix também tem seus Labs e a Dell deu uma mão para quem quer testar.

https://www.citrix.com/pt-br/global-partners/dell/education.html

https://demo.citrix.com/login

Acredito que tenha dado um overview sobre este tema.

Até mais pessoal

Zona DNS no Azure

Olá pessoal

Vou demonstrar como é bem simples realizar a configuração de ZONA DNS no Azure.

Esta demonstração irei fazer junto com um domínio no Office 365.

De quebra você aprende a configurar 2 serviços.

No Azure escolha o serviço obviamente de Zona DNS e clique em criar.

Este próximo passo vamos criar o grupo de recursos que o serviço vai pertencer.

Proximo passo é a criação da zona dns

Proximo passo é realizar o tageamento do serviço que facilita no billing da conta.

Este passo é a validação antes da criação.

Vamos aguardar, é bem rápido a criação.

Demora pelo menos 30 segundos a criação.

Após concluir o provisionamento ele mostra para ir para o recurso.

Blz zona criada vamos la no Registro.br e cadastrar os servidores.

Vamos colocar no registro.br este 4 servidores NS que o DNS do Azure forneceu.

ns1-08.azure-dns.com.
ns2-08.azure-dns.net.
ns3-08.azure-dns.org.
ns4-08.azure-dns.info.

Nós vamos lá no registro e cadastrar lá.

Presumo que você já tenha comprado o domínio, e já tenha pago, este passo é mais o final que é cadastrar os NS, fiz o cadastro dos 4 NS que foram fornecidos e vamos salvar.

Veja que depois disso irá ocorrer uma publicação do DNS para os roots acharem na internet seu domínio e ele estar apto a cadastrar seu site, seu serviço de comunicação como Skype for business, Exchange ou outro serviço de e-mail.

Após isso você já pode cadastrar os apontamentos de DNS e administrar seu serviço de DNS do Azure.

Vamos agora no Office 365 e cadastrar um domínio e fazer os apontamentos com as zonas do Azure.

No portal de administração do Office 365 vamos cadastrar na integra o domínio mundo365.com.br e ativar para que possamos cadastrar o resto dos apontamentos. É só clicar em adicionar domínio.

Cadastre o domino, no meu caso irei cadastrar o domínio mundo365.com.br

Após o cadastro ele vai exibir um valor de TXT para você fazer o primeiro cadastro e validar para que você possa cadastrar o resto dos apontamentos.

Copie o MS=ms22901745

Volte lá no Azure e crie o primeiro apontamento.

OBS: Este exemplo esta sendo direcionado para serviços de DNS do Azure, nada impede de você utilizar

Clique em conjunto de registro e vamos colocar aquele registro TXT mencionado acima.

Cadastre, aguarde uns 2 minutos e vamos validar no Office 365.

Veja como ele aparece visualmente.

No office 365 só ir la no botão verificar ele vai validar seu cadastro.

Lembre-se que no registro demora até 2 horas para ficar ativo.

De proposito eu coloquei esta mensagem abaixo para vocês verem que precisa aguardar.

Depois que ele verificar ele vai validar e já passará os apontamentos de DNS para você configurar no Azure.

Pegue cada um copie e cole com apontamentos TXT, SIP, MX e outros. Salve e valide novamente.

Siga os passos que estão no site da Microsoft que os que estão no site do Office 365 estão errados.

https://docs.microsoft.com/pt-br/office365/admin/dns/create-dns-records-for-azure-dns-zones?redirectSourcePath=%252fen-US%252farticle%252fCreate-DNS-records-for-Azure-DNS-zones-fbcef2d7-ebaf-40d0-ba1f-cdaeff9f50ef&view=o365-worldwide#BKMK_add_SRV

Validou e fez certo, não tem como errar. Vai aparecer isso.

Domínios cadastrados e funcionando você estará apto tanto no DNS do Azure como no Office 365 a trabalhar.

No DNS do Azure tudo correto agora só cadastrar os outros apontamento de sites ou outros apontamentos que você tem.

Espero que com esta matéria você fique apto a configurar DNS no Azure e criar DNS no Office 365.

Fico a disposição.

Curso EAD de Azure e AWS

Pessoal

Ao longo de 2017 e 2018 fizemos pelo menos 25 turmas de AWS e Azure entre aulas presenciais e aulas ao vivo.

Todas com muita dedicação e agora estamos lançando para uma melhor comodidades EAD.

Aproveitamos as aulas gravadas e editamos tudo que foi melhor das aulas ao vivo.

Será uma melhor comodidade para quem não é de SP.

Os valores estão promocionais.

Além da aula o aluno terá suporte nas segundas-feiras para Azure e AWS as quartas comigo mesmo.

A Tempo Real eventos como sempre parceira e nos apoiando com qualidade.

Veja a primeira hora de Azure e AWS como cortesia.

Acesse o site:

https://www.temporealeventos.com.br/aws-ead/

https://www.temporealeventos.com.br/azure-ead/

Espero que gostem.

Abracos

Cloudberry Backup LAB com S3 AWS

Olá pessoal

Semana passada comentamos aqui sobre o Cloudberry backup com Microsoft Azure.

Irei mostrar a vocês como é o conector para S3.

É bem simples.

Veja todos passos como instalar aqui nesta matéria: https://fabiosilva.com.br/2019/07/09/cloudberry-backup-para-multicloud-lab-microsoft-azure/

Eu irei criar o bucket no S3.

Imagino que você já tenha uma conta no AWS. Se não tiver siga estes passos no próprio site da AWS https://aws.amazon.com/pt/free/activate-your-free-tier-account/.

Para criação do bucket no S3 é bem simples, iremos criar no botão “Criar Bucket”.

O backup você irá criar o nome do bucket a região que será armazenado o dado dentro do bucket. Simples assim.

Próximo passo é definição de chave, mas para este processo não precisará por enquanto, pois estamos definindo como é no software de backup Cloudberry.

Mantenha sem acesso ao publico.

Obviamente nós estamos criando um ambiente de laboratório e você irá definir se precisa de mais segurança ou outros tipos métodos de segurança para acessar a pasta.

Clique em criar bucket.

Bucket criado vamos para os passos seguintes para realizar a conexão com o Cloudberry.

Imagino que você tenha já visto os passos de como fazer a instalação do Cloudberry.

Abra o software e vamos no menu de criação para AWS.

clique no menu de local para CLOUD.

De o próximo passo para escolhemos o S3 da AWS.

Iremos escolher o S3 em “Add new Storage Account”.

Iremos escolher o Amazon S3, o Glacier é exatamente igual para realizar os procedimentos. Em um próximo tópico iremos falar só do Glacier.

Veja acima que para colocar esta chave é preciso ir no IAM serviço da AWS ele vai criar um acesso e gerar a chave de acesso ao seu ambiente do S3. Preencha a chave de acesso e preencha a chave secreta. Assim que você preencher tecnicamente o software esta se conectando em uma API do S3 em um endereço https da AWS, a chave irá realizar a autenticação e encontrará todos buckets criado em sua tenant. Veja que no menu ele já acha automaticamente o bucket que criei. Mesmo assim o software já tem poder de criar direto um bucket direto sem você precisar criar la no portal do AWS.

De o OK.

Veja que temos agora o S3 conectado para uso e temos o Azure da semana passada e podemos agora fazer backup multicloud.

Daqui para frente você irá criar seu plano de backup para realizar no S3 da AWS.

Pronto depois deste processo é o mesmo processo que fizemos no Azure. O link está aqui acima e siga os passos de la.

Pessoal, espero ter ajudado nesta matéria no AWS.

Até mais.

Office 365 Weekly

Office 365 news, notes and tips

Domínio TI

Aplicando informação, conquistando conhecimento.

Revista do Linux

Seja Bem Vindo … Aqui você encontrará dicas, melhores Soluções e Práticas de TI

Samba4

Active Directory Livre

Cloud and Datacenter Management Blog

Microsoft Hybrid Cloud blogsite about Management

Sulamita Dantas

DBA SQL Server & Analista BI

Ao redor do buraco tudo é beira!

Um cavalo morto é um animal sem vida!

Exame

Notícias do Brasil e do Mundo. Economia, Política, Finanças e mais. ➤ Entrevistas, Análises e Opinião de quem entende do Assunto! ➤ Acesse!

%d blogueiros gostam disto: