Arquivos do Blog

Softnas no Azure

Olá

Pessoal

Para quem gosta de utilizar softwares e Storages padrão igual ambiente onpremisses eu resolvi testar a instalação do SOFTNAS Cloud bem conhecido entre pequenas e médias empresas.

Softnas Cloud é um NAS Opensource usa protocolos conhecidos protocolos de bloco CIFS / SMB, NFS, AFP e iSCSI, permitindo que os clientes levantem os dados existentes para a nuvem sem uma reestruturação de aplicativos caros.

Esta versão é de teste que o Azure permite testar sem qualquer ônus. Para quem já conhece o SOFTNAS Cloud como eu faça o teste ou consulte o site do fabricante do Software.

Veja em https://azuremarketplace.microsoft.com/pt-br/marketplace/apps/softnas.softnas-cloud/

O objetivo deste Test Drive é permitir que você se familiarize mais com o SoftNAS Cloud em Microsoft Azure. Nesta unidade de teste do SoftNAS Cloud, tornamos mais fácil para você visualizar

E experimente os recursos da SoftNAS Cloud e descubra a facilidade de configurar o armazenamento comum Protocolos dentro da interface de usuário do SoftNAS Cloud.

Para fazer isso, fornecemos-lhe uma Máquina virtual de nuvem SoftNAS (VM) hospedada no Azure. Preconfiguramos um único disco, pool de armazenamento e volume provisionado como um NFS

Exportação, compartilhamento CIFS, compartilhamento iSCSI LUN e protocolo Apple File Protocol (AFP). Esta configuração poderia facilmente estendida, simplesmente adicionando mais discos, volumes e pools, para atender uma

Aplicação da organização e serviços de usuários finais. A flexibilidade da SoftNAS Cloud nos permite atender aos requisitos de um cliente, simplesmente mudando as propriedades de computação e capacidade de armazenamento. O resultado final dessa configuração parece semelhante à imagem abaixo:

Primeiro passo no Azure, entre no Site do Marketplace clique em Test Drive caso não tenha assinatura. No meu caso eu tenho assinatura mas irei usar o TEST DRIVE.

Aceite os termos do teste

Realmente demora alguns segundos para ser criado. Ele já libera o acesso com usuário e senha concedido e dura 30 dias de teste.

Acesse com o usuário e senha concedidos e o endereço informado.

Este passo quem já realizou a instalação tem alguns procedimentos do software.

Pronto, o Softnas está liberado para ser configurado para o uso.

Claro como o ambiente é de teste foi liberado pouco espaço para os testes, mas que vale a pena para quem quer utilizar de modo tradicional a nuvem e claro o Azure.

Softnas faz parte do programa TEST DRIVE no Azure, veja mais hein https://ctlabsn.blob.core.windows.net/57f32919137340839431fd9187b0e796/demo%5Csoftnas-cloud-nas%5Cartifact%5Ctutorialdocument%5Cdocument1.pdf

Pessoal, façam o TEST DRIVE que vale a pena.

Até o próximo POST.

Valeu

Anúncios

Ubuntu Server Azure com disco gerenciado

Olá Pessoal, hoje mostrarei um passo a passo com a construção do novo serviço com discos gerenciados.

Em resumo o disco gerenciado simplifica a forma de criação e manutenção dos discos. É mais escalável, os discos ficam em um local central.

Todo o gerenciamento é feito pelo Azure.

Veja neste link sobre gerenciamento de discos. https://docs.microsoft.com/pt-br/azure/storage/storage-managed-disks-overview

Eu irei demonstrar o Ubuntu neste passo a passo.

Escolha a versão do Ubuntu, neste caso escolhi a versão Ubuntu Server 16.04.

Neste primeiro passo vamos escolher o nome da máquina, resource group, usuário, senha.

Mais um item interessante novo é a escolha mínima se você digitar o tamanho mínimo de cores e memoria ele vai mostrar os modelos mais próximos do que você digitou. Isto facilita a visão e preço de maquina mais adequado para seu negócio. Eu escolherei o modelo DS1 para o LAB.

Neste passo que muda a forma de escolher a parte de discos. Se você manter No segue o caminho normal para você fazer a gestão do storage account e fazer a gestão dos VHDS. Isso depende do administrador e tipo de servidor e performance de disco o administrador vai separar od VHDS por storage account fazendo a gestão do disco. Ou como neste LAB eu escolherei a gestão do disco com YES você verá uma nova forma da criação dos discos como gerenciados.

Veja que quando eu escolhi USE MANAGED DISKS o elemento Storage Account sumiu. Vamos dar OK e dar sequência no passo a passo.

Veja se está tudo ok e vamos dar sequencia.

Vamos aguardar o deploy do Servidor.

Veja neste link de forma detalhada a criação de forma manual com storage account https://fabiosilva.com.br/2017/02/12/criando-maquina-virtual-redhat-em-arm-azure-resource-manager/

Dentro de nossa campanha Azure IT Pro br o nosso amigo Michel Jatoba fala de disco gerenciado e veja nesta matéria http://micheljatoba.com.br/2017/04/microsoft-azure-disco-gerenciado/ e prestigie.

Veja as 2 imagens acima a primeira imagem normal e a segunda mais abaixo com 1 storages account, a segunda com disco gerenciado não aparece, só um storage account, você não tem a visão por que quem está gerenciando é o Azure, você tem a visão bem mais simplificada e claro você pode inserir mais discos gerenciados. Isso permite que um profissional com menos conhecimento posso criar a máquina e deixar que o disco seja gerenciado pela plataforma com mais precisão.

Dando a sequência vamos acessar o servidor.

Vamos acessar através do Public IP Address

Vamos acessar o ambiente via protocolo SSH através do app Putty.

Pronto o Ubuntu com gerenciamento de disco.

Até a próxima.

Transferências de dados com AZCOPY para Azure

Olá pessoal

Hoje irei demonstrar a vocês de uma forma fácil e barata a transferência de dados através do AZCOPY.

Se você já tem a familiaridade do XCOPY o AZCOPY é semelhante.

Além de você ter como ferramenta de transferência o Azure File Explorer ou o REDGATE Azure explorer o Azcopy é uma forma barata ou para automação através do Windows com Schedule.

O AzCopy pode ser baixado deste link ( http://aka.ms/downloadazcopy ). Para instalar, basta seguir as instruções de instalação.

A instalação é bem tranquila.

Depois de baixar siga com NEXT

Aceite os termos do contrato e siga com NEXT.

Escolha o diretório onde o software ficará armazenado e siga com NEXT

Continue com o procedimento e clique em INSTALL

Finalize a instalação com FINISH para continuarmos com o procedimento.

O modelo de conexão que iremos realizar é este abaixo.

@echo off

cd C:\Program Files (x86)\Microsoft SDKs\Azure\AzCopy

AzCopy /Source:C:\myFolder /Dest:https://myazureaccount.windows.net/myfileshare1 /DestKey:mydestKey /S /Y

Vejamos cada componente do comando AzCopy em detalhes:

  • / Source: – Especifica a origem do arquivo. Essa fonte pode ser armazenamento de arquivos regular ou qualquer uma das opções de armazenamento do Microsoft Azure . Neste caso, estamos especificando uma pasta em nossa unidade C.
  • / Dest: – Especifica o destino do comando. Se o destino for uma das opções de armazenamento do Microsoft Azure, será necessário especificar uma chave de destino para acessar o armazenamento.
  • / DestKey – Especifica a chave da conta de armazenamento para a chave de destino
  • / S – Define o modo para recursivo, o que fará com que o AzCopy copie todos os blob ou arquivos.
  • / Y – Confirma que o comando será feito do AzCopy

Agora você precisa criar um storage acount no Azure.

Acessamos o portal e criamos um storage como General purpose que o foco é transferência de arquivos como OBJETO em geral.

Lembrando que temos 4 tipos de arquivos como BLOCO, ARQUIVOS, TABELAS e FILAS.

Saiba mais aqui sobre ARMAZENAMENTO em https://docs.microsoft.com/pt-br/azure/storage/storage-introduction

Storage criado, vamos criar a pasta que vai receber os dados dentro de FILES. Iremos clicar em FILES e criar a pasta.

Clicamos em File Share e criamos a pasta

Criamos com nome como exemplo acima e configure o tamanho até 5120GB ou 5TB (Cinco terabyte) que é o tamanho máximo de casa pasta.

Pasta criada, e veremos o endereço URL e a chave para que faça sentido o comando AZCOPY para a cópia dos arquivos.

Em Connect teremos um exemplo para conexão e iremos usar como exemplo para utilizar o comando para transferir os dados.

AzCopy /Source:C:\myFolder /Dest:https://myazureaccount.windows.net/myfileshare1 /DestKey:mydestKey /S /Y

Seguindo o exemplo AzCopy /Source:C:\myFolder /Dest:https://myazureaccount.windows.net/myfileshare1 /DestKey:mydestKey /S /Y

A copia dos arquivos que fiz através da minha maquina é da pasta Documentos

C:\Program Files (x86)\Microsoft SDKs\Azure\AzCopy>AzCopy /Source:C:\Users\fpere\Documents\ /Dest:https://storagefabiosilva.file.core.windows.net/pastafabio /DestKey:C4br1VX27L8P67BFQ1yrr0U7qYnaZ2hFHIevE8Ph/999jXV0BOnisxAkUOuWDpIjXsXFnhbposten9jUtwpg6g== /S /Y

Veja que quando é dado o comando em amarelo ele mostra em tempo real os arquivos sendo transferidos.

Para conferir que os arquivos estão sendo transferidos através do portal vá na pasta criada e veja os arquivos.

Outra forma também de visualizar os arquivos podemos utilizar através no mapeamento em https://fabiosilva.com.br/2016/11/23/mapeando-storage-no-linux-e-no-windows-no-azure/ ou pelo Azure explorer ou Redgate Azure Explorer mencionado acima.

Arquivos transferidos finalizados com êxito.

Espero que tenham gostado.

Até o próximo post.

EMC LENOVO Storage Small Businness

Passo a passo para ativação Storage Small Businness Lenovo px4-300d

Olá pessoal

Tive o prazer de realizar uma implantação de um Storage de pequeno porte com Tecnologia EMC, uma das melhores tecnologias de armazenamento.

O Storage de 8TB (Oito terabytes) pode lhe atender para serviços de pequenas e médias empresas.

Nesta implantação foi focada em Backup.

Dei ênfase em recursos de backup pois a empresa já tinha os recursos de Infraestrutura com Windows Server 2012.

A interface como você pode ver é bem simples e intuitiva e já tem um Wizard para facilitar a implantação.

No passo a passo criei o nome do servidor, mas os recursos são interessantes para quem quer utiliza-lo com Windows como mencionado acima, com Linux ou outros recursos como iSCSI, NIS/NFS, FTP e até recursos de Nuvem como AMAZON.

Pode ser utilizado na sua casa como Media Center ou no escritório para serviços de compartilhamento SAMBA ou com Active Directory.

Interface intuitiva como pode ver acima para vários recursos e muito fáceis de utilizar para quem já tem conceitos de redes e protocolos.

Como menciona anteriormente ele tem um fácil modo de configuração com um tur guiado para a implantação.

Após o tur você imediatamente pode iniciar as configurações de compartilhamentos e uso de cliente proprietários.

Fácil monitoramento e com aviso via e-mail. Ligação em sua própria Cloud com outro equipamento com replicação online.

Recurso online para arquivos via WEBDAV.

Administração de usuários com segurança com recurso local ou através de Single SIGN ON, Active Directory.

Tela de configuração do Active directory, Join com um ou mais domínios.

Ligação de backup direta com a ferramenta de backup da EMC Avamar líder de mercado.

Varios recursos como mencionei com AMAZON S3, ligação com HDS externos, recursos de backup locais e remotos.

Monte seu próprio Cloud com um ou mais equipamentos EMC para replicação online e backup-off-site. Ligação com IOS, ANDROID e Windows Phone.

Configuração fácil de rede.

Enfim, uma bela ferramenta para uso em pequenas e médias empresas.

Monte sua própria CLOUD, monte seu volume iSCSI e outros excelentes recursos.

Minha recomendação é que se você não tem um grande investimento, eu indico este equipamento de Storage excelente para quem está começando e não quer gastar direto com Cloud e quer montar a sua própria NUVEM.

Espero que gostem deste POST.