Arquivo da categoria: Hyper-V

2018 vem ai

Olá pessoal

2018 vem aí. 2017 foi intenso e prazeroso. Quero agradecer aos quase 2000 assíduos, os mais de 100Mil views e acessos, frequentadores dos grupos, blogs, fanpage, redes sociais, palestras, cursos e parceiros que disseminamos Microsoft Azure, Office 365 e Cloud Computing.

Sem vocês a disseminação, a passagem de conhecimento não aconteceria.

O conhecimento precisa ser passado.

Cloud Computing Brasil https://www.facebook.com/ccomputingbrasil/

Microsoft Brasil não oficial https://www.facebook.com/groups/microsoftbr/

Linux ABC https://www.facebook.com/groups/linuxabc/

Meu Perfil https://www.facebook.com/fabiosilvacloud/

Grupo Azure Brasil

https://www.facebook.com/groups/azurebrasil/

YouTube

https://www.youtube.com/channel/UCqxKrvBO23tA81PQiIlkP4Q

LinkedIn

https://www.linkedin.com/in/silvapfabio

Perfil MVP

https://mvp.microsoft.com/en-us/PublicProfile/5002105

Aos parceiros ChurropsOnDevops TIEspecialistas BlogUOL Diveo Fabio FOL Arqgenti

Ser MVP antes de tudo é ser comunidade e ajudar a disseminação do conhecimento.

F e l i z N a t a l e 2 0 1 8 P r o s p e r o

Hyper-V no Azure

Olá pessoal

hvaz

No ultimo dia 13 de julho foi anunciado a feature de Hyper-v nas novas maquinas do modelo D versão 3 e maquinas do modelo E.

Veja o link na Integra https://azure.microsoft.com/pt-br/blog/nested-virtualization-in-azure/

Os modelos D de versão 2 e modelos E foram lançados permitindo instalação da feature famosa de virtualização Hyper-V lhe dando a liberdade imensa de usar de forma particular suas maquinas virtuais com mais segurança no Azure.

Veja a arquitetura:


Irá permitir levar seu legado, ou seus conteiners Dockers com mais liberdade. Para quem usa Vcenter com uma VPN do Azure, isso irá permitir que diminua seu capex. Isso são alguns exemplos de como aumenta o leque de uso no Azure e com baixo custo.

São maquinas super rápidas de nova geração.

E para não perder realizei os testes para conferir.


Criei a maquina modelo D2 versão 3 com 8GB de memória para testarmos.

Veja o vídeo de demonstração com Ubuntu virtualizado.

As maquinas de memoria otimizada dos modelos (D11-D14) tornou-se dos modelos Ev3. Estes novos tamanhos introduzem a tecnologia Hyper-Threading rodando no processador Intel® Broadwell E5-2673 v4 2.3GHz e o Intel® Haswell 2.4 GHz E5-2673 v3. A mudança de núcleos físicos para CPU virtual (vCPU) é uma mudança de arquitetura de chave que nos permite desbloquear todo o potencial dos últimos processadores para suportar tamanhos de VM ainda maiores.

Ou seja foram liberados para utilizar mesmo no Azure Hyper visor virtualizando com Hyper-V

Espero que gostem da demonstração.

Até mais pessoal


Licenciamento Windows Server 2016

3252.windows-server-2016

O Windows Server 2016 mudou a forma de licenciamento.

A forma de licenciamento privilegia levar as maquinas de forma mais fácil para nuvem utilizando o Hyper-V para Azure.

O licenciamento é baseado em núcleo, e não em cores físicos.

Inicialmente é liberado 2 cores físicos com 8 núcleos cada core, e depois em resumo é cobrado por núcleo adicional.

nucleos

Olhando em forma de gráfico se você tiver um servidor físico com 2 processadores físicos totalizando 16 núcleos você estará a nível de auditoria correto.

Vamos analisar se você tiver 2 processadores e se cada processador tiver 16 núcleos vamos resumir que o segundo processador você vai pagar por núcleo adicional.

Esta outra tabela que esta no site da MICROSOFT faz um outro resumo.

Edições do Windows Server 2016

 

 

 

 

Datacenter Edition Standard Edition
Funcionalidade básica do Windows Server

Contêineres de OSEs/Hyper-V*

Ilimitado

2

Contêineres do Windows Server

Ilimitado

Ilimitado

Nano Server

Novos recursos de armazenamento que incluem Espaços de Armazenamento Diretos e Réplica de Armazenamento**

Novas máquinas virtuais blindadas

Nova pilha de rede

Modelo de licenciamento

Core + CAL

Core + CAL

Preço+

$6,155

$882

A tendencia para empresas que querem virtualizar o ambiente e ter soluções hibridas vai facilitar.

O modo de licenciamento para Standard você tem direito em uso de mais 2 maquinas virtuais com Windows Server 2016 sem precisar comprar mais licenciamento.

O modo de licenciamento para Datacenter lhe da o direito de licenciamento de maquinas virtuais Windows Server 2016 sem limite, o limite é do hardware.

Exemplo:host

A aquisição do Windows é mais barata em relação aos concorrentes.

As comparações técnicas e gostos técnicos estão muito equiparados e neste post não esta levando em consideração e sim o entendimento do licenciamento e como será econômico ao virtualizar um ambiente com Hyper-V e Windows Server 2016.

O modo de licenciamento em relação ao Windows 2012 R2 é diferenciado.

Mas é um passo importante a virtualizar e mesclar seu ambiente para modelo Hibrido.

Espero que tenham gostado.

Maiores informações no site da Microsoft e white papers sobre os licenciamentos.

https://www.microsoft.com/pt-br/server-cloud/products/windows-server-2016/#MenuItem4

Abraços

 

Abra sua empresa e assine o Azure parte I

Hoje sabemos que não é fácil abrir um negócio aqui no Brasil e mante-lo financeiramente com saúde.

azure

Então reduza seus custos assinando serviços de nuvem. Não faça nenhuma contratação sem ver este vídeo que está na parte I.
Manter hardware, nobreak, serviços de backup, contratação de serviços de gerenciamento e custoso manter dentro de seu escritório.

Tudo isso na nuvem simplifica, sem dor de cabeça centralizado.

Eu irei demonstrar com Azure, Active Directory e VPN que tudo pode ser simplificado e com acesso de qualquer lugar.

Manter um só servidor internamente no minimo plausível é:

  • Orçamento de hardware Servidor
  • Orçamento de switch
  • Orçamento de PatchPanel
  • Orçamento de Rack
  • Orçamento de cabeamento
  • Orçamento para Nobreak
  • Orçamento de Sistema Operacional
  • Orçamento de Licenciamento de usuários
  • Orçamento para implantação física de todos equipamentos
  • Orçamento para implantação e configuração lógica do sistema operacional, e os serviços para manter no ar.
  • Orçamento para Sistemas e banco de dados caso for usar.

    Caso a empresa for um pouco maior precisará ter um Nobreak redundante ou até um gerador.

Mas estamos lhe dando com coisas básicas para manter um servidor no ar.
Tudo isso sem contar caso você não saiba fazer tudo isso você vai ter que contratar um profissional, ou uma empresa para fazer e manter no ar. Com manutenção preventiva e melhorias.

Com o tempo há a depreciação de tudo e ainda o lifecicle do software e do sistema operacional.

Ainda vem uma melhoria do tempo que é a virtualização com Hyper-V da Microsoft, Vmware da Dell, XenServer da Citrix que melhorou em redução de espaço fisico e nivel energético no gasto de custos.

Bota tudo isso no lápis e vê o quanto custa manter um parque tecnológico. E depois em 5 ou 6 anos atualiza-lo.

A nuvem vem para simplificar e manter você com seu Core Business que é seu negócio e usar a inteligencia da Nuvem ao seu favor com redução de custos e menos dor de cabeça.

Veja na arquitetuta que é simples de administrar e manter.

untitled

No video estou explicando um modo facil de qualquer pessoa entender como é simples manter um Active Directory no Azure com VPN.

Veja a primeira parte do video que vai ser legal e proveitoso.

 

 

Passo a passo Cluster Hyper-V Windows Server 2012R2 parte 3

Passo a passo de configuração de 2 nó Hyper-V de cluster no Windows Server 2012 R2 – Parte 3

Bem-vindo à parte 3 do guia passo-a-passo para configurar um cluster Hyper-V no Windows Server 2012 e Windows Server 2012 R2. Espero que você encontre este guia útil. Agradeço todos os comentários e comentários abaixo.

Alguns me pediu para elaborar mais sobre a configuração do cluster. Desculpe eu não entrar em muitos detalhes durante Parte 2. Vou explicar melhor aqui.

Quando você abrir o Failover Cluster Manager, você tem a opção no painel de ações para criar um cluster. Clique sobre ele para o fogo até o assistente:


A tela de configuração inicial pode ser ignorada, e a segunda tela pedirá que você insira os nomes dos servidores dos nós do cluster:


Quando você adiciona os servidores que irá verificar se o serviço de cluster de failover está em execução no nó. Se tudo estiver bem, o assistente permitirá que você adicionar o servidor. Uma vez que os servidores são adicionados, prossiga para a próxima etapa.

O próximo passo é muito importante. Não é apenas este passo necessário para que a Microsoft sempre apoiá-lo, se você tiver quaisquer problemas, mas também valida que tudo o que você tem feito até agora é correto e configurado corretamente para o cluster de operar. Não muito certo porque eles dão-lhe a opção de ignorar os testes, mas eu recomendo contra isso. O alerta é bastante simples assim:


A próxima parte da configuração do cluster que surge é o assistente de validação. Como eu mencionei acima, não pule esta parte. Executar todos os testes, tal como recomendado pelo assistente:


Os testes vão demorar alguns minutos para ser executado, para ir tomar um café enquanto espera. Depois de concluído, você não deve ter quaisquer erros. No entanto, como mencionei na parte 2 não é um problema conhecido ao usar o P2000 com os “Espaços de Armazenamento Validar Reserva Persistente” teste para que você receberá um aviso aqui relativa a isso, mas você não deve ter quaisquer outros avisos, se as coisas estão configurados corretamente.


Ver o relatório e salvá-lo em algum lugar como uma referência que você correu em caso de suporte Microsoft quer vê-lo.

Ao clicar em Concluir, você será solicitado a digitar seu nome para o cluster, bem como o endereço IP para o cluster. Entre esses parâmetros em e clique em Avançar:


Em seguida, terminar o assistente e formar o cluster.

Agora, existem várias coisas que devemos fazer depois que o cluster está instalado e funcionando para configurá-lo completamente. Eu vou passar por cima de cada aspecto agora.

Volumes Partilhados de Cluster:

Este deve ser um dado adquirido. Eu não vou entrar em muitos detalhes aqui, poupando-lhe o tempo. Se você precisa ler sobre o volume que um cluster compartilhado é por favor leia sobre isso aqui:

http://blogs.msdn.com/b/clustering/archive/2013/12/02/10473247.aspx

Para permitir que o volume compartilhado de cluster navegar para o armazenamento, em seguida, os discos. Em seguida, selecione o seu disco de armazenamento, clique direito e escolhendo a opção “Adicionar ao Cluster Shared Volumes”


Eu gosto de renomear os discos aqui também, mas isso não é um passo necessário.

Agora que já permitiu Volumes Compartilhados do Cluster devemos mudar o caminho padrão no gerenciador de Hyper-V em ambos os nós para refletir isso. O caminho deve ser C: \ ClusterStorage \ Volume1 em ambos os nós. Eu gosto de manter o caminho restante, bem como para a simplicidade:


Não se esqueça de fazer isso em ambos os nós.

Live Migration:

Dedico um NIC para migração ao vivo. Eu sempre fiz isso na recomendação de que se saturar o link de rede para gerenciar o servidor com o tráfego de migração em tempo real que poderia causar uma situação de failover onde batimento cardíaco está perdido. Para dedicar o adaptador de rede para migração ao vivo você clique direito a opção Networks no gerenciador de cluster de failover, escolhendo Configurações Live Migration. I renomear minhas redes na lista primeiro, para que eles são mais facilmente compreendidas diferente de “Cluster Rede X”


Cluster Atualização Aware:

Atualização ciente Cluster é um recurso fantástico introduzido em 2012, que permite a atualização automática de os nós do cluster sem desligar as cargas de trabalho que eles estão atendendo. O que acontece com o Hyper-V é que as funções de VM estão vivos migraram para outro nó, uma vez que todas as funções estão fora do nó então atualização está concluído e que o nó for reiniciado. Em seguida, o mesmo processo acontece no outro nó. Há um pouco de trabalho para configurá-lo, e você deve ter um servidor WSUS em sua rede, mas a configuração é a pena o esforço.

Para ativar a atualização Cluster-Aware escolher a opção na página inicial do gerenciador de clusters de failover


Isto irá abrir a janela de gerenciamento, onde você pode configurar as opções para o cluster. Clique no botão “Configurar opções de cluster de auto-atualização” no painel de ações de cluster. Isto irá iniciar o assistente para que você configurar essa opção.

Antes de caminhar por este assistente há um passo necessário você deve completar primeiro. Eu gosto de colocar meus nós Hyper-V, e o objeto de computador do cluster em seu OU no Active Directory. Eu, então, tipicamente conceder o controle total sobre o que UO para o objeto de computador Cluster. Acho que se você não concluir esta etapa que às vezes você vai ter erros no gerenciador de clusters de failover, bem como problemas com a atualização Cluster-Aware.


O assistente de atualização Cluster-Aware é bastante simples. A única coisa que você precisa para determinar é quando você quer que ele seja executado. Não há necessidade de marcar o “Eu tenho um objeto de computador pré-testado para o CAU agrupado papel”, como isso será criado durante a instalação. Eu normalmente não altere as opções do padrão aqui, eu não encontrei nenhuma razão para fazê-lo ainda. Eu também vou fazer a primeira corrida para se certificar de que este está a funcionar correctamente.

Ajustes do Sistema:

A seguir estão alguns ajustes e as melhores práticas Eu também fazer para garantir o melhor desempenho e confiabilidade da configuração do cluster:

  1. Desative todos os protocolos de rede nas NICs iSCSI utilizados, com a excepção da Internet Protocol Version 4/6. Isto é para reduzir a quantidade de vibração que ocorre nas placas de rede. Queremos dedicar
    estes adaptadores de rede estritamente para o tráfego iSCSI, por isso não há necessidade de qualquer coisa fora dos protocolos IP.

  2. Alterar a ligação das placas de rede, colocando a placa de rede de gestão do nó no topo da lista.
  3. Desativar mapeamento Printer RDP nos hosts para eliminar qualquer chance de um driver de impressora causando problemas com a estabilidade. Você pode fazer isso através da política local, política de grupo, ou Registro. Google como fazer isso.
  4. Configure exclusões no seu software anti-vírus com base no seguinte artigo:
    http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/2179.hyper-v-anti-virus-exclusions-for-hyper-v-hosts.aspx
  5. Revise o seguinte artigo no ajuste de desempenho para servidores Hyper-V:
    http://msdn.microsoft.com/en-us/library/windows/hardware/dn567657.aspx

    Espero que você tenha sido encontrar este guia útil. Por favor, deixe algum comentário abaixo, e obrigado pela visita!

Ao redor do buraco tudo é beira!

Um cavalo morto é um animal sem vida!

Exame

Notícias do Brasil e do Mundo. Economia, Política, Finanças e mais. ➤ Entrevistas, Análises e Opinião de quem entende do Assunto! ➤ Acesse!

Project THOR

Technical and Human infrastructure for Open Research

randieri.com

Il blog di Cristian Randieri

TEC OFFICE PRODUTIVO

Tec Office Produtivo é um grupo de treinamentos, dicas e tutorias de informática sobre aplicativos utilizados em escritórios.

GOLD RECIPES.

GOLD RECIPES.

Escadas Especiais

Projetos, fabricação e instalação de escadas em geral

%d blogueiros gostam disto: