Arquivo da categoria: PaaS

Azure Database for PostgreSQL (PaaS)

Olá pessoal

Recentemente a Microsoft anunciou que Mysql e PostgreSQL estão agora no Canadá e BRASIL.

O RDS da AWS terá uma concorrência maior com está oferta que é muito bem vinda.

Melhor ainda do ponto de vista de performance, latência e qualidade de entrega de serviços web.

Veja na integra o anuncio em http://bit.ly/2yOzxPL

Com isto abaixo tem um passo a passo para provisionar o PostgreSQL no Brasil.

Acesse o portal do Azure escolha na busca ou no menu “Databases” e escolha Banco de dados PostgreSQL.

Veja também aqui o passo a passo do Mysql como PaaS em http://bit.ly/2ztXngR

O Segundo passo é bem simples para o provisionamento, Escolher Usuário, senha, localização BRAZIL como anunciado, versão do banco de dados e tamanho da unidade computacional. Clique em criar e de sequência no provisionamento.

Aguarde o provisionamento.

O primeiro passo para acessar o banco de dados é acessar no menu a parte de segurança. Veja que o banco já acesso seguro via SSL e é preciso liberar uma regra de firewall para acessar colocando IP.

Para acessar o ambiente o Azure já fornece a string de acesso ao banco de dados.

Se você tem alguma aplicação padrão de mercado já tem os parâmetros e exemplos bem definidos para realizar a conexão sem crise. Isso facilita a vida do DEVOPS e do DEV.

Importante é que estamos em um ambiente que oferece PaaS (plataforma como serviço) e abstrai configuração de sistema operacional, isto garante muito uma vantagem. A Microsoft garante a gestão do poder computacional que você escolheu. Importante neste menu acima acertar parâmetros do banco de dados, repetindo abstraindo sistema operacional.

Legal, provisionamos e criamos, agora vamos conectar.

Utilizaremos o PostgreSQL Administrator.

https://www.postgresql.org/ftp/pgadmin/pgadmin4/v2.0/windows/

Acesse e baixe no site do desenvolvedor.

A instalação é bem simples também.

Aceite as condições da licença que está sob GNU Opensource.

Escolha o diretório.

Instale o programa conforme a imagem acima.

Aguarde o fim da instalação.

Pronto, app instalado vamos adicionar a URL que o Azure disponibilizou para que possamos acessar a administração do banco de dados.

Acesse a configuração ADD NEW Server.

Configure os parâmetros para acessar o banco de dados. Siga as instruções que o próprio Azure ofereceu. Principalmente ativação do SSL na figura 3.

Acesse o banco e coloque a senha.

Outra forma de testar é via Cloudshell

O banco de dados Postgre utiliza a porta padrão 5432.

Bom pessoal

Espero que tenha ajudado.

Anúncios

Azure Database for MySQL

Olá pessoal

Além do Azure Database SQL Server temos agora Mysql com plataforma no Azure (PaaS) em Preview.

Abaixo faremos um passo a passo para provisionar o Mysql como PaaS.

Va na busca ou no menu “Database”.

Escolha Database for MySQL. Lembrando que está em preview. Tome cuidado ao escolher para ambiente de produção.

Próximo passo é escolher nome do banco, usuário e senha, localidade e licença.

Importante ver a versão do seu banco atual para que funcione da forma correta no Azure, está disponível as verões 5.7 e 5.6.

Outra função importante é escolher a capacidade computacional de uso do seu banco de dados.

O Mysql é medido por unidades computacionais, um junção de processamento, memoria e taxa de transferência.

Veja com mais detalhes em https://docs.microsoft.com/pt-br/azure/mysql/concepts-compute-unit-and-storage.

A unidade computacional é medida em três grupos, Basic, Standard e premium.

Escolhemos o básico para nível de laboratório.

Validado vamos criar o banco.

Vamos aguardar o deploy do banco.

Durante o deploy tem informações interessante que mostra detalhes, como template, login o arquivo .json que é o deploy via linha de comando.

Após a implantação importante para conexão de sua APP com o banco tem uma serie de exemplos para conexão com o banco de dados como PHP, .NET, e outras linguagens conhecidas.

Para os DBAS e administradores podem usar ferramentas para acesso ao MYSQL.

Uma das ferramentas mais populares é o MYSQL ADMINISTRATOR ou a nova versão que se chama WORKBENCH.

Quer baixar e utilizar acesse https://downloads.mysql.com/archives/installer/

Estas informações de acesso ao banco são suficiente para acessar através de administração do APP.

Libere o acesso através do menu Connection security, importante manter fechado por segurança e liberar por ip.

Coloque as configurações necessárias para acessar o banco e valide.

Valide a conexão

Pronto, a partir deste acesso você pode criar sua instancia ou importar sua instancia e utilizar o Azure Database MySQL.

Até a próxima